fechar

PROCESSO SELETIVO 2021
A Faculdade Israelita de Ciências da Saúde Albert Einstein - FICSAE receberá inscrições a partir de 25 de setembro de 2020 para o Vestibular 2021 de Medicina e Enfermagem.
A oferta total é de 240 vagas, 120 para cada curso, sendo 60 novos ingressantes por curso a cada semestre do próximo ano.
Os candidatos deverão se inscrever até 23 de novembro de 2020, pelo site da Fundação Vunesp, responsável pela seleção.
Confira o Edital do Processo Seletivo 2021 e Inscreva-se!

Graduação em Enfermagem

Banner

Sobre o curso

A Graduação em Enfermagem da Faculdade Israelita de Ciências da Saúde Albert Einstein (FICSAE) encontra-se entre os melhores e mais inovadores cursos do país. Alguns dos diferenciais oferecidos são as metodologias ativas de ensino, como o Team Based Learning (TBL), e as atividades no Centro de Simulação Realística, além do método do Estudo de Caso para estabelecer uma aprendizagem significativa.

Desde o início, o curso oferece oportunidades para uma melhor formação profissional: Monitoria, Programa de Estágio Extracurricular e Iniciação Científica.

Com mais de 1.100 horas de estágio curricular obrigatório - carga horária bastante superior ao recomendado pelo MEC – o aluno tem contato com a prática desde já no 1º ano. Essa introdução precoce facilita e aprofunda o aprendizado teórico-prático.

Selo Guia do Estudante 2015

Selo Guia do Estudante 2016

Selo Guia do Estudante 2017

Selo Guia do Estudante 2018

Pelo quarto ano consecutivo avaliada com 5 estrelas no Guia do Estudante.

Conceito Máximo ENADE

Graduação em Enfermagem Einstein conquista conceito 5 no ENADE.

Selo Guia do Estadão

5 estrelas na avaliação do Guia da Faculdade 2020, uma parceria entre a Quero Educação e o jornal O Estado de S. Paulo.

diploma

Currículo

O currículo da Graduação em Enfermagem da Faculdade Israelita de Ciências da Saúde Albert Einstein (FICSAE) foi recentemente reformulado de forma a integrar conteúdos de disciplinas, possibilitando a formulação de um saber crítico-reflexivo e maior apropriação da realidade. O objetivo é favorecer o aprendizado, como, por exemplo, na disciplina de Morfologia, que integra anatomia à histologia.

A interdisciplinaridade é outra característica do curso, promovendo a compreensão do corpo humano como um sistema completamente interligado: a relação do micro com o macro, das causas com as consequências, do normal e patológico, sendo contextualizados simultaneamente.

O Estágio obrigatório de mais de 1.100 horas tem início já no 1° ano da grade curricular. Enquanto as aulas no Laboratório treinam e capacitam o aluno para desempenhar corretamente as técnicas e procedimentos, o contato com o paciente e todas as suas implicações éticas proporcionam competências e humanizam a assistência. Por esse motivo, é fundamental que um curso de Enfermagem esteja vinculado a um hospital.

Graduação em Enfermagem - HistóriaGraduação em Enfermagem - InfraestruturaLaboratório de Centro CirúrgicoLaboratório de anatomiaLaboratório de morfologiaLaboratório multidisciplinarLaboratório de procedimentoSalas TBL
-->

A Faculdade

Com mais de 30 anos de existência, desde a inauguração da Faculdade de Enfermagem*, o curso de Enfermagem da agora chamada Faculdade Israelita de Ciências da Saúde Albert Einstein (FICSAE) representa uma história de sucesso. Além de ótima avaliação por institutos públicos e privados, tem conceito máximo no ENADE e no Guia do Estudante, apresentando índices de empregabilidade entre os mais altos do país: nos últimos dez anos, mais de 75% dos recém-formados foram contratados pelo Einstein.

*A Faculdade é reconhecida e aprovada pelo Ministério da Educação (MEC), por meio da Portaria Ministerial nº 1855/92 de 18/12/1992 e publicada no Diário Oficial da União (D.O.U) de 21/12/1992.



História

A Sociedade Beneficente Israelita Brasileira Albert Einstein (SBIBAE) foi fundada em 1955. Três anos mais tarde, Hans Albert Einstein, filho do renomado Físico Albert Einstein, assentou a pedra fundamental daquele que se tornaria o mais conceituado Hospital da América Latina.

Em 28 de julho de 1971, foi inaugurado o Hospital Israelita Albert Einstein, uma instituição qure cresceu e se desenvolveu, consolidando-se como um importante centro médico-hospitalar de alta complexidade, reunindo um conceituado corpo de profissionais da saúde e dispondo das mais avançadas tecnologias hospitalares.

O ideal da SBIBAE em criar uma Faculdade de Enfermagem foi apresentado em 17 de outubro de 1977. Em 1988, seu funcionamento foi então deferido pelo Exmo. Sr. Presidente da República, conforme Decreto 97.142 de 29 de novembro de 1988, tendo o seu reconhecimento publicado pela Portaria do Ministério da Educação nº 1855, de 18 de dezembro de 1992.

Infraestrutura

Os recursos tecnológicos estimulam a aprendizagem dos alunos, tanto no domínio teórico quanto prático. Conheça nossa infraestrutura.

Laboratório de Centro Cirúrgico

Com uma área aproximada de 49m², dispõe de lavatório para assepsia e mesa cirúrgica. Atende às necessidades prático-pedagógicas da disciplina Enfermagem em Centro Cirúrgico, Recuperação Anestésica e Centro de Material e Esterilização.

Laboratório de Anatomia

Dispõe de bancadas, armários suspensos e pias, em uma área aproximada de 84m², para atender às necessidades prático-pedagógicas das disciplinas Morfologia, Biologia da Reprodução, entre outras.

Laboratório de Morfologia

Destinado a atender às necessidades prático-pedagógicas das disciplinas Morfologia e Saúde e Doença II, e com uma área aproximada de 110m², dispõe de 51 Workstations individuais, dois monitores de 56 polegadas, duas mesas de apoio e três lousas de vidro.

Laboratório Multidisciplinar

Com uma área aproximada de 112m², dispõe de seis bancadas ao centro com banquetas para acomodação dos alunos e bancadas laterais circulando parcialmente o laboratório com armários, bicos de gás e pias. Este laboratório apresenta coligado uma sala de apoio técnico e pedagógico e atende às necessidades prático-pedagógicas das disciplinas Agente Hospedeiro II, Células e Genes, Morfologia, Saúde e Doença I e II, Farmacologia.

Laboratório de Procedimento

São cerca de 100m² de espaço, dispondo de camas eletrônicas, monitores cardíacos, bombas de infusão, manequins simuladores e demais equipamentos e materiais necessários ao treinamento da disciplina Semiologia e Semiotécnica, pronto Atendimento e Pediatria.

Laboratório de Informática

Para uso preferencial dos alunos, dispõe de computadores conectados e softwares básicos.

Salas de Aula

As sete salas de aula possuem tratamento acústico e térmico. Têm capacidade para 60 alunos, todas equipadas com computadores de última geração, aparelho de DVD e projetor multimídia.

Salas de Aula Formato TBL

As cinco salas de aula formato TBL possuem tratamento acústico e térmico. Dispõem de sete mesas, que acomodam grupos de oito alunos. Têm capacidade para 56 alunos, todas equipadas com computadores de última geração, DVD ROM, projetor multimídia e lousas de vidro nas 4 paredes.

Centro de Simulação Realística (CSR)

O mais avançado método de treinamento em ambiente hospitalar. Apoiado por alta tecnologia, que reproduz experiências da vida real por meio de cenários clínicos, tem como objetivo garantir a segurança no processo de assistência ao paciente. A utilização do CSR está inserida como estratégia de ensino em disciplinas do curso de Graduação em Enfermagem.

Sistema Einstein Integrado de Bibliotecas (SEIB)

As Bibliotecas dispõem de livros impressos, e-books e periódicos. Possuem terminais para acesso eletrônico ao mais completo acervo de publicações nacionais e internacionais na área da saúde, disponibilizado, também, por acesso remoto.

CEEBE (Centro Einstein de Esportes e Bem-estar)

Localizado no Morumbi, próximo ao Hospital, esse espaço de convivência com foco na prática esportiva e que visa ao bem-estar físico e psicológico dos estudantes, apoiando o indivíduo durante sua experiência no Einstein. Saiba mais.

CEEBE (Centro Einstein de Esportes e Bem-estar)

Os alunos das graduações em Medicina e em Enfermagem e os residentes do Ensino Einstein passam a contar com um centro de convivência com foco na prática esportiva e que visa ao bem-estar físico e psicológico dos estudantes.

O Centro Einstein de Esportes e Bem-Estar (CEEBE) está localizado no Morumbi, próximo ao Hospital, e tem como objetivo apoiar o indivíduo durante sua experiência no Einstein, procurando contribuir com sua formação pessoal e profissional. Para isso, disponibilizará, entre outros espaços, academia, quadras poliesportivas, solário e mirante, além de amplas áreas de convivência.

Afirma o Presidente da Sociedade Beneficente Israelita Brasileira Albert Einstein:

Hoje, falamos muito de obesidade, sedentarismo, de más condições de vida e falta de atividade física. Criar um ambiente adequado para que nossos alunos tenham, ao mesmo tempo, condições de convívio, uma vida saudável, opções de válvulas de escape que evite o burnout, de fato são questões representadas na construção deste espaço.

E completa:

É um espaço que permite aos alunos um ambiente de lazer, onde possam se encontrar e conversar e ter uma visa social além do curso, além do que é ensinado em sala de aula, e sim no que eles entendem como importante para a saúde deles.

O CEEBE também será responsável por liderar e estimular ações de promoção de saúde que direcione os alunos para hábitos, comportamentos e condições de vida saudáveis, como:

Atividades físicas e prática esportiva;

Praticas de Saúde Mental - meditação e mindfullness;

Eventos de integração e relacionamento estudantil;

Atividades de integração dos novos alunos e seus familiares;

Parcerias interdisciplinares internas e externas de apoio para estudantes, como nutrição, finanças, carreira e psicologia;

Desenvolver pesquisa de saúde e bem-estar.

Confira a galeria de imagens do CEEBE:


Imagens do CEEBEImagens do CEEBEImagens do CEEBEImagens do CEEBEImagens do CEEBEImagens do CEEBEImagens do CEEBEImagens do CEEBEImagens do CEEBE

O Centro Einstein de Esportes e Bem-Estar conta com:

Espaços de convivência

1 academia

1 ampla sala de jogos

2 quadras poliesportivas cobertas

1 quadra de areia

1 espaço com churrasqueira

1 redário

1 Rooftop

Armários

*O Centro Einstein de Esportes e Bem-Estar é disponibilizado aos alunos das Graduações em Enfermagem e Medicina e aos Residentes mediante inscrição. Para mais informações, entre em contato pelo e-mail ceebe@einstein.br ou (11) 2151-8218 pelo telefone.

Núcleo de Apoio ao Estudante (NAE)

NAE (Núcleo de Apoio ao Estudante)

Para o Einstein, excelência no ensino vai além de oferecer metodologias inovadoras e os mais capacitados docentes. É também inserir no mercado indivíduos física e mentalmente sadios, aptos a enfrentarem todas as dificuldades relacionadas ao exercício profissional na área da saúde.

Para isso, os acadêmicos do Einstein contam com o Núcleo de Apoio ao Estudante (NAE), que tem como premissa a promoção de saúde e bem-estar, através de diversas ações. Conheça cada uma delas:

Serviço de Apoio Psicológico aos Estudantes (SAPE)

A finalidade do SAPE é propiciar, por meio da promoção de saúde mental, a elaboração das dificuldades emocionais do aluno, para que ele possa manter o equilíbrio necessário para sua formação e futuro exercício profissional.

Como funciona:

  • Avaliação psicológica inicial – 1 a 2 atendimentos;
  • Assistência psicológica individual – com limite de 15 atendimentos;
  • Avaliação e orientação familiar;
  • Encaminhamento para atendimento psiquiátrico e psicoterápico, quando necessário.

Grupos de Conversa

São encontros periódicos em grupo, com o objetivo de estimular mecanismos socioemocionais (resiliência, manejo de estresse, ansiedade, entre outros) por meio da sensibilização, conversas e trocas de experiências.

OUVID

Neste momento em que estamos todos fragilizados com o surgimento do Coronavírus, queremos fazer o possível para apoiar e estar por perto de todos que têm contato com o Einstein. Por isso, criamos o OUVID, programa que conta com uma série de ações relacionadas ao autocuidado, gestão de crise e suporte psicoemocional.

Durante este período, teremos atendimento especializado, ações digitais e presenciais, com práticas de descompressão em áreas críticas. Juntos, criaremos soluções, compartilharemos informações e estaremos presentes, uns para os outros.

HOTLINE OUVID
Telefone: (11) 2151-2557 (WhatsApp ou ligação).
Segunda a sexta-feira, das 8h as 17h.

Programa de Orientação Pessoal (POP)

O POP é um serviço disponível 24 horas por dia, 7 dias por semana. Via telefone (0800-7717276), o aluno recebe apoio psicológico profissional e auxílio com informações sobre várias áreas, como Pedagogia, Nutrição, Serviço Social, Finanças e Jurídico.

Corpo docente

Diretoria

Dr. Alexandre Holthausen Campos

Pós-doutorado pela Universidade de Atlanta-Morehouse School of Medicine. Doutor em Medicina pela Universidade Federal de São Paulo. Atualmente é Diretor de Graduação em Medicina e Diretor Acadêmico de Ensino junto ao Instituto Israelita de Ensino e Pesquisa Albert Einstein. Experiência em Educação Médica na área de Biologia Geral, com ênfase em Biologia Celular e Molecular, atuando principalmente nos seguintes temas: biologia de células mesangiais e de musculatura lisa vascular.



Coordenação

Andréa Gomes Da C. Mohallem

Doutora em Enfermagem pela Universidade de São Paulo, mestre em Educação pela Universidade Presbiteriana Mackenzie, Administração pela FGV, Graduação em Enfermagem pela Escola de Enfermagem Wenceslau Brás (Itajubá-MG). Coordenadora e Vice-diretora da Faculdade Israelita de Ciências da Saúde Albert Einstein, docente da disciplina Capacitação Pedagógica. Autora dos livros Enfermagem Oncológica e Enfermagem pelo Método do Estudo de Casos (Editora Manole).

Mariana L. Rocha Cunha

Doutora e Mestre em Enfermagem pela Escola de Enfermagem da Universidade de São Paulo. Residência em Enfermagem Pediátrica pela FEHIAE. Especialista em Enfermagem Oncológica pela FEHIAE. Graduação em Enfermagem pela Faculdade de Enfermagem do HIAE (FEHIAE). Vice-coordenadora da Graduação em Enfermagem da FICSAE. Docente das disciplinas Enfermagem na Saúde da Criança e do Adolescente e Enfermagem Oncológica. Docente e Orientadora do Mestrado Profissional em Enfermagem da FICSAE. Coordenadora da Especialização de Enfermagem em Pediatria e Neonatologia e Coordenadora da Pós-graduação Multiprofissional em Oncologia Pediátrica . Membro do Grupo de Estudos de Enfermagem da Família (GeEnf-EEUSP). Autora de capítulos dos livros: Enfermagem Pediátrica (Manole), Terapia Intensiva- Pediatria e Neonatologia (Atheneu), Casos Clínicos em Oncologia (Iátria) e Exame Físico na Prática Clínica da Enfermagem (Elsevier).



Corpo Docente

Dra. Ana Maria Pita Lottenberg

Doutora em Ciências dos Alimentos pela Faculdade de Ciências Farmacêuticas da USP. Docente da Disciplina de Nutrição e Dietética da Faculdade de Enfermagem e Coordenadora do Curso de Especialização em Nutrição nas Doenças Crônicas Não Transmissíveis do Hospital Israelita Albert Einstein. Nutricionista pesquisadora e orientadora de Mestrado e Doutorado (Senso Stricto) da Disciplina de Endocrinologia da FMUSP.

Dra. Ana Maria Pita Lottemberg

Nenhuma informação.

Beatriz Murata Murakami

Graduada em Enfermagem pela Faculdade Israelita de Ciências da Saúde Albert Einstein (FEHIAE). Especialista em Enfermagem Cardiovascular (modalidade residência) pelo Instituto Dante Pazzanese de Cardiologia (IDPC) e em Formação de docentes na Educação profissional em Enfermagem pelo Instituto Educacional São Paulo (INTESP). Mestre em Enfermagem pela Faculdade Israelita de Ciências da Saúde Albert Einstein (FICSAE). Doutoranda em Ciências pela Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Cursa MBA em Gestão com ênfase em Liderança e Inovação na Fundação Getúlio Vargas. Trabalhou como Enfermeira Assistencial no IDPC. Atualmente atua como docente do curso de graduação em Enfermagem e coordenadora do curso de pós-graduação em Bioética FICSAE.

Dinamar Aparecida

Nenhuma informação especificada.

Eduarda Ribeiro Dos Santos

Nenhuma informação especificada.

Eliseth Ribeiro L. De A. Silva

Possui graduação em Enfermagem pela Faculdade Israelita de Ciências da Saúde Albert Einstein (1992). Mestrado em Saúde do Adulto pela Universidade de São Paulo (1998) e doutorado em Ciências pela Universidade de São Paulo (2002). Pós-doutoramento pela Universidade Marc Bloch - Strasbourg - França (2006). De 2001 a 2009 atuou como Assessora de Pesquisa Científica e de julho/2009 a novembro/2011 foi responsável pela orientação, acompanhamento e gestão dos projetos de pesquisa de interesse público do Hospital Samaritano - SP junto ao Ministério da Saúde. Atualmente é pesquisadora do Instituto Israelita de Ensino e Pesquisa Albert Einstein e coordena o Programa de Pesquisa da Enfermagem e Multiprofissional e também atua como Docente do Mestrado Profissional em Enfermagem na mesma instituição. Tem atuado nas linhas de pesquisa: bem-estar e saúde (com ênfase nas terapias complementares) e manejo e controle da dor. Tem particular interesse no diálogo entre Arte e Cuidado/ Educação em Saúde.

Ellen Cristina Bergamasco

Possui graduação em Enfermagem pela Faculdade Israelita de Ciências da Saúde Albert Einstein (1992). Mestrado em Saúde do Adulto pela Universidade de São Paulo (1998) e doutorado em Ciências pela Universidade de São Paulo (2002). Pós-doutoramento pela Universidade Marc Bloch - Strasbourg - França (2006). De 2001 a 2009 atuou como Assessora de Pesquisa Científica e de julho/2009 a novembro/2011 foi responsável pela orientação, acompanhamento e gestão dos projetos de pesquisa de interesse público do Hospital Samaritano - SP junto ao Ministério da Saúde. Atualmente é pesquisadora do Instituto Israelita de Ensino e Pesquisa Albert Einstein e coordena o Programa de Pesquisa da Enfermagem e Multiprofissional e também atua como Docente do Mestrado Profissional em Enfermagem na mesma instituição. Tem atuado nas linhas de pesquisa: bem-estar e saúde (com ênfase nas terapias complementares) e manejo e controle da dor. Tem particular interesse no diálogo entre Arte e Cuidado/ Educação em Saúde.

Dra. Fabiane De Amorim Almeida

Doutora em Psicologia pelo Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo (USP), mestre em Enfermagem pela Escola de Enfermagem da USP, Especialista em Enfermagem pediátrica e Enfermagem cardiovascular e graduada em Enfermagem pela Faculdade de Enfermagem e Obstetrícia Dom Domênico. Membro do Grupo de Estudos do Brinquedo do CNPq, docente da disciplina Enfermagem em saúde da criança e do adolescente e Enfermagem clínica II e coordenadora do curso de pós-graduação em Enfermagem pediátrica. Autora do livro "Enfermagem pediátrica" e de capítulos do livro "Enfermagem pelo Método do Estudo de Casos" (Editora Manole).

Dra. Fernanda Amendola

Possui graduação em enfermagem pela Universidade de São Paulo (2003) e doutorado em Ciências da Saúde pela Escola de Enfermagem da Universidade de São Paulo (2012). Realizou doutorado-sanduíche na Universidade de Barcelona (2011). Foi coordenadora e tutora acadêmica do Programa de Educação pelo Trabalho para Saúde (PET-SAÚDE), do Ministério Saúde (2009-2012). Experiência docente em cursos de graduação em medicina e enfermagem, pós-graduação em saúde coletiva e mestrado em enfermagem. Possui produção científica nos seguintes temas: qualidade de vida, cuidadores, assistência domiciliária, saúde do idoso, cuidados domiciliários de saúde e programa saúde da família, envelhecimento, pessoas com incapacidade e dependência, epidemiologia, validação, indicadores em saúde.

Dr. Fernando Franco

Pós doutorado pela faculdade de Medicina da Universidade do Chile (2015-2017), esteve vinculado a grupos de pesquisa que estudam a epidemiologia da doença de Chagas no norte do Chile; Pós doutorado pela faculdade de Farmácia da Universidade de Granada (2008-2010), participou de estudos de caracterização genética de populações do inseto vetor da Leishmania infantum no sul da Europa e norte da África; Doutorado em Ciências (biologia da relação patógeno-hospedeiro) pelo Instituto de Ciências Biomédicas da Universidade de São Paulo (2003-2008), participou de estudos de caracterização genômica de Leishmania spp.; Graduação em Ciências Biológicas pela Universidade de Mogi das Cruzes (2000-2003). Experiência na área de biologia molecular/celular, imunologia e parasitologia. Docente da disciplina Agente Hospedeiro.

Filipe Utuari De Andrade Coelho

Mestre em Enfermagem em Saúde do Adulto pela Escola de Enfermagem da Universidade de São Paulo (EEUSP) (2018). Especialista em Membrana de Oxigenação Extracorpórea (ECMO) pelo Stollery Children"s Hospital e o Instituto do Coração do Hospital das Clínicas da Universidade de São Paulo (INCOR) (2015). Especialista em Enfermagem em Terapia Intensiva pelo Instituto de Ensino e Pesquisa do Hospital Israelita Albert Einstein (2014). Graduação em Enfermagem pela Universidade de São Paulo (2011). Atualmente é Professor Assistente do curso da Graduação em Enfermagem da Faculdade de Ciências de Saúde do Hospital Israelita Albert Einstein. Tem experiência na área de Enfermagem, com ênfase em Enfermagem em Terapia Intensiva, atuando principalmente nos seguintes temas: Membrana de Oxigenação Extracorpórea (ECMO) e Nefrointensivismo

Humberto Dellê

Professor de graduação e pós-graduação (stricto sensu) em medicina da Universidade Nove de Julho - UNINOVE. GRADUADO em Ciências Biológicas Modalidade Médica (Biomedicina) pela Universidade de Santo Amaro (2000). MESTRADO (2003) e DOUTORADO (2007) em Ciências pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (FMUSP), e PÓS-DOUTORADO pela mesma Instituição. Tem experiência na área de pesquisa básica em Nefrologia, atuando principalmente nos seguintes temas: modelos experimentais de nefropatia crônica, transplante experimental de ilhotas pancreáticas e biomarcadores em neoplasias urogenitais. Linha de pesquisa: Biomarcadores e biomoduladores em doenças do sistema geniturinário.

Juliana Santana De Freitas

Nenhuma informação especificada.

Leandro Nobeschi

Possui graduação em Fisioterapia pela Universidade do Grande ABC (2000); e mestrado em Morfologia pela Universidade Federal de São Paulo (2004). Atualmente é professor da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo, Instituto Israelita de Ensino e Pesquisa - Albert Einstein e Universidade Nove de Julho. Coordenador do curso de pós-graduação em Tomografia Computadorizada e Ressonância Magnética da Faculdade de Medicina do ABC - FMABC. Possui experiência em coordenação de cursos de graduação: Fisioterapia e Tecnologia em Radiologia. Experiência docente para os cursos: Biomedicina, Educação Física, Enfermagem, Fisioterapia, Medicina, Nutrição, Odontologia e Tecnologia em Radiologia. Principais áreas de atuação: anatomia sistêmica, anatomia topográfica, histologia, anatomia de superfície e exames de imagem. Experiência em métodos ativos de ensino: PBL e TBL.

Márcia Wanderley De Moraes

Mestre em Enfermagem pela Universidade de São Paulo com especialização em Saúde Pública pela Universidade de São Paulo e em Administração Hospitalar pela Universidade de Ribeirão Preto (UNAERP). Graduação em Enfermagem pela Universidade de Guarulhos, docente das disciplinas de Enfermagem Oncológica, Saúde Coletiva da Faculdade Israelita de Ciências da Saúde Albert Einstein. Coordenadora dos livros: Oncologia Multiprofissional - bases para a assistência e Oncologia Multiprofissional - patologias, assistência e gerenciamento, da editora Manole. Autora de mais de 30 capítulos de livros sobre temas relacionados à enfermagem, principalmente oncologia (câncer de mama, ginecológico e transplante de medula óssea).

Maria De Fátima Correa Paula

Enfermeira. Doutoranda pela Escola Paulista de Enfermagem da Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Mestre em Gerontologia pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUCSP). Especialista em Enfermagem em Terapia Intensiva pela Escola de Enfermagem da Universidade de São Paulo (EEUSP). Docente e coordenadora de estágios curriculares do Curso de Graduação em Enfermagem da Faculdade Israelita de Ciências da Saúde Albert Einstein (FICSAE). Coordenadora do Curso de Especialização em Enfermagem Clínica e Cirúrgica do Instituto Israelita de Ensino e Pesquisa Albert Einstein.

Marluce Ambrósio

Mestre em Ciências da Saúde pela UNIFESP, Departamento de Doenças Infecciosas e Parasitárias DIPA, Especialista em Microbiologia e Controle de Qualidade em Alimentos pela UNIBAN e Bacharelado e Licenciatura em Biologia pela UNISA. Leciona há 26 anos. Docente das disciplinas de Células e Genes e Agente Hospedeiro II.

Dra. Monica Martins Trovo

Enfermeira, mestre em enfermagem e doutora em ciências pela Escola de Enfermagem da USP. Especialista em Cuidados Paliativos pela Pallium Latinoamerica - Universidad del Salvador. Atuou como enfermeira no Hospital Universitário da USP. Atualmente é professora associada da Faculdade Israelita de Ciências da Saúde Albert Einstein, docente em cursos de graduação e pós graduação na área de saúde, ministra aulas e palestras sobre cuidados paliativos e comunicação interpessoal. Sócia fundadora da Palliative Consultoria e Educação em Cuidados Paliativos e enfermeira voluntária do Grupo de Apoio ao Paciente Oncológico do Instituto do Câncer Arnaldo Vieira de Carvalho. Coordenadora da Comissão de Ensino de Cuidados Paliativos para Enfermagem da Academia Nacional de Cuidados Paliativos. Foi membro do Grupo de Estudo e Pesquisa sobre Comunicação em Enfermagem por 15 anos, desenvolvendo pesquisas em Comunicação Interpessoal e em Cuidados Paliativos. Validou o Programa de Capacitação em Comunicação que desenvolveu para profissionais de saúde paliativistas. Produção científica com destaque nos seguintes temas: cuidados paliativos, morte, comunicação, relacionamento interpessoal, trabalho em equipe, humanização e terapia intensiva.

Rachel De Carvalho

Enfermeira. Graduada pela Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo (EERP-USP). Capacitação Pedagógica para Instrutor / Supervisor pela EERP-USP. Especialista em Cardiologia pela Unidade Cardiológica (UNICÓR). Especialista em Enfermagem em Centro Cirúrgico (CC), Recuperação Anestésica (RA) e Centro de Material e Esterilização (CME) pela Escola de Enfermagem da USP. Mestre e Doutora em Enfermagem pela Escola de Enfermagem da USP. Temas de pesquisa: Assistência de enfermagem ao paciente cirúrgico adulto no período perioperatório, Tecnologia e Humanização da assistência, CC, RA e CME. Professora do Curso de Graduação em Enfermagem da Faculdade Israelita de Ciências da Saúde Albert Einstein (FICSAE). Disciplinas: Enfermagem no Perioperatório I, Enfermagem no Perioperatório II, Trabalho de Conclusão de Curso. Coordenadora do Curso de Pós-Graduação de Enfermagem em CC/RA/CME da FICSAE. Professora do Programa de Mestrado Profissional da FICSAE. Disciplinas: Métodos e Técnicas em Pesquisa e Seminários de Pesquisa. Avaliadora de Projetos do Sistema de Gerenciamento de Projetos de Pesquisa (SGPP) do HIAE. Membro da Diretoria da Associação Brasileira de Enfermeiros de Centro Cirúrgico (SOBECC Nacional). Editora Científica da Revista SOBECC. Parecerista de Periódicos: Revista da Escola de Enfermagem da USP, Acta Paulista de Enfermagem, Revista Brasileira de Enfermagem. Autora de livros e capítulos de livros na área de Enfermagem Perioperatória.

Roberta Maria Savieto

Mestre em Enfermagem pela Faculdade Israelita de Ciências da Saúde Albert Einstein (FICSAE). Especialista em Urgência/Emergência pela Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Graduação em Enfermagem pela Universidade de São Paulo (USP). Doutoranda (2020-2023) do programa de Saúde Pública da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP-USP). Possui atuação na área de Urgência e Emergência e faz pesquisas nas áreas de pronto socorro, comunicação, empatia e práticas complementares.

Ruth Beresin

Psicóloga, graduada pela PUC-SP, Mestre em Ciências pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo, Doutoranda em Ciências da Saúde na Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo. Docente da Faculdade Israelita de Ciências da Saúde Albert Einstein e psicóloga do Serviço de Apoio Psicológico ao Estudante (SAPE). Experiência profissional na área de Psicologia Hospitalar, tendo atuado em hospital público e privado. Temas de maior interesse científico: gerontologia, qualidade de vida, síndrome de burnout, estresse, saúde mental do estudante e do profissional da área da saúde, psicologia aplicada à enfermagem e a questão da morte no contexto hospitalar.

Sonia Regina Godinho De Lara

Possui Graduação em Enfermagem pela Universidade Cidade de São Paulo (1986), Pós-graduação em Enfermagem Obstétrica e Ginecológica (1987), Aperfeiçoamento em Didática do Ensino Superior pela Universidade Mackenzie, Mestrado em Engenharia Biomédica pela Universidade do Vale do Paraíba (2003). Doutoranda em Enfermagem pela Universidade Federal de São Paulo - UNIFESP ( 2016). Atualmente é Professora do curso de Graduação em Enfermagem na Disciplina Enfermagem em Saúde Materna, da Mulher e Neonatal e Coordenadora de Pós-graduação em Enfermagem Obstétrica e Ginecológica da Instituto Israelita de Ensino e Pesquisa Albert Einstein-IIEPAE e Membro do Grupo de Estudos em Enfermagem Obstétrica CENFOBS - UNIFESP.

Dr. Thomaz Augusto A. Da R. E Silva

Pós-doutorado em Farmacologia também pela Universidade Estadual de Campinas. Doutorado em Biologia Celular e Estrutural pela Universidade Estadual de Campinas. Mestrado em Ciências Fisiológicas e Graduação em Ciências Biológicas pela Universidade Federal de São Carlos. Supervisor técnico da Especialização em Pesquisa Clínica, Membro do Comitê de Ética em Pesquisa com Seres Humanos e da Aliança Pesquisa Clínica Brasil. Experiência na área de Farmacologia e Bioquímica, com ênfase em toxinologia, biologia celular e bioquímica, atuando principalmente nos seguintes temas: toxinas de aranhas, junção neuromuscular, compostos antitumorais e sistemas detoxificantes.

Objetivos e Qualificações

Diferenciais

  • Conceito máximo no ENADE
  • Estágio curricular no Einstein e em instituições públicas da saúde a partir do 1º ano do curso
  • Monitoria, que possibilita oportunidades de aprendizagem e bolsa de 50%;
  • Estágio extracurricular remunerado no Einstein durante o último ano da Graduação
  • Oportunidade de Intercâmbio em Hospital e Universidade nos EUA
  • Oportunidade de contratação pelo Hospital Israelita Albert Einstein

Metodologia de Ensino

Grade curricular - Para alunos que ingressaram no curso em 2016

1º Semestre
Morfologia210 horas
Metodologia I60 horas
Células e Genes I90 horas
Nutrição30 horas
Agente Hospedeiro I60 horas
Aspectos Psicossociais I60 horas
Total510 horas
2º Semestre
Biologia da Reprodução90 horas
Saúde das Populações30 horas
Saúde e Doença I120 horas
Agente Hospedeiro II90 horas
Capacitação Pedagógica45 horas
Bases Conceituais da Enfermagem30 horas
Aspectos Psicossociais II30 horas
Atenção Básica I45 horas
Total480 horas
3º Semestre
Exercício Profissional45 horas
Saúde e Doença II90 horas
Farmacologia90 horas
Semiologia e Semiotécnica de Enfermagem270 horas
Total495 horas
4º Semestre
Integralidade do Cuidado com o Paciente Clínico: Adulto / Idoso270 horas
Atenção Básica II135 horas
Gestão e Liderança I110 horas
Total515 horas
5º Semestre
Gestão e Liderança II105 horas
Enfermagem no Perioperatório I135 horas
Atenção Básica III60 horas
Integralidade do Cuidado com o Paciente Clínico: Infectologia135 horas
Integralidade do Cuidado com o Paciente Clínico: Oncologia135 horas
Total570 horas
6º Semestre
Práticas Atuais em Enfermagem60 horas
Metodologia Científica II60 horas
Enfermagem no Perioperatório II135 horas
Saúde da Criança e do Adolescente190 horas
Atividades Complementares I100 horas
Total545 horas
7º Semestre
Integralidade do Cuidado com o Paciente Crítico I135 horas
Saúde Mental150 horas
Saúde da Mulher, Materna e Neonatal180 horas
Total465 horas
8º Semestre
Gestão e Liderança III285 horas
Integralidade do Paciente Crítico II150 horas
Trabalho de Conclusão de Curso120 horas
Atividades Complementares II100 horas
Total655 horas

Carreira

A enfermagem evolui a cada dia

Com as mudanças sofridas pela profissão nos últimos anos, o Enfermeiro passou a atuar em diversas novas áreas. Há dez anos, era incomum encontrar profissionais da Enfermagem responsáveis por gestão de qualidade, área comercial de produtos e equipamentos hospitalares ou ocupando cargos de Gerente de Novos Projetos e até Pesquisador Clínico. Hoje, a Enfermagem conquista um papel cada vez mais estratégico nas instituições de saúde. Atuando junto ao paciente durante todo o processo e ainda mais capacitados e especializados, respondem por procedimentos mais complexos, geram patentes e conhecimentos científicos. A Enfermagem brasileira, por exemplo, é a sexta na produção mundial de pesquisas acadêmicas.

No último ano do curso de Enfermagem do Einstein, os alunos têm a oportunidade de ingressar no Hospital como Enfermeiros Trainees. Se bem avaliados, são admitidos como Enfermeiros Juniores, primeiro degrau do plano de carreira institucional. São vários os casos de sucesso de ex-alunos que hoje fazem parte do seleto grupo de Enfermeiros Seniores e Coordenadores, que respondem por equipes de mais de 100 profissionais, com bons salários e oportunidades de crescimento.

Atualmente, a carreira é considerada uma das mais promissoras e tem ganhado destaque também fora dos hospitais, com profissionais abrindo seus próprios negócios na área. Em 2018, o Conselho Federal de Enfermagem regulamentou o funcionamento de consultórios e clínicas, como os dedicados aos cuidados de pacientes da terceira idade e assistência ao parto.


Salário

No Einstein o salário do Enfermeiro recém-formado (Júnior) é de aproximadamente R$ 4.000,00. A carreira de Enfermeiro na instituição inclui ainda os cargos de Enfermeiro Pleno, com salário entre R$ 6.000,00 e R$ 7.000,00, e Sênior, com salário acima de R$ 7.000,00. Os demais cargos de gestão como Coordenador, Gerente e Diretor, obedecem a remuneração do mercado.

Estágio

Com o objetivo de promover um aprendizado completo, em todas as possíveis áreas de atuação, os campos de estágio incluem instituições públicas e particulares de saúde. Além de no próprio Hospital Israelita Albert Einstein, os alunos atuam no Hospital Municipal M’boi Mirim - Dr. Moysés Deutsch, Hospital Municipal Vila Santa Catarina – Dr. Gilson de C. Marques de Carvalho, Hospital do Campo Limpo, Hospital Pirajussara, Hospital do Servidor Público, entre outras importantes instituições de saúde. As atividades desenvolvidas em cada estágio obedecem aos objetivos da disciplina.


Estágio curricular

O Estágio tem início já no 1° ano da grade curricular. Enquanto as aulas no Laboratório treinam e capacitam o aluno para desempenhar corretamente as técnicas e procedimentos, o contato com o paciente e todas as suas implicações éticas proporcionam competências e humanizam a assistência. Por esse motivo, é fundamental que um curso de Enfermagem esteja vinculado a um hospital.


Estágio extracurricular

O estágio extracurricular é realizado nos diversos setores do Einstein. Além da remuneração, o aluno recebe benefícios como transporte e alimentação. É a chance de vivenciar o dia a dia de um dos mais conceituados hospitais da América Latina, um grande diferencial no currículo, além da possibilidade de contratação.

Para alunos do 4º ano;

Abrangência: 70% dos alunos;

Remuneração: aproximadamente R$ 1.963,00.

Atividades Extracurriculares

Programa de Iniciação Científica da FICSAE

O que é

O Programa de Iniciação Científica da Faculdade Israelita de Ciências da Saúde Albert Einstein (FICSAE) tem como objetivo promover o desenvolvimento do pensamento científico, por meio da participação em pesquisas aprovadas na instituição e orientados por pesquisadores e docentes do Einstein.

Regulamento

Clique aqui e confira o regulamento do programa de Iniciação Científica.

Processos de execução

Bolsas Institucionais

Duas vezes por ano, o Programa abre chamada para concessão de bolsas, que obedecem critérios estabelecidos em edital, divulgado oportunamente.

Aluna: Beatriz Araujo da Silva

Orientador: Dr. Nelson Hamerschlak

Título do Projeto de Pesquisa: Estudo observacional, não intervencionista, retrospectivo e prospectivo de Mieloma múltiplo em um hospital de São Paulo.

Aluna: Bruna Franco Massa

Orientador: Dr. Nelson Hamerschlak

Título do Projeto de Pesquisa: Transplante Autólogo: um estudo retrospectivo de doenças oncológicas e onco hematológicas nos últimos 30 anos, em um hospital de São Paulo.

Aluna: Maria Laura Romagnoli

Orientador: Dr. Thiago Domingos Corr??a

Título do Projeto de Pesquisa: Analise da Microcirculação Sublingual em Pacientes com Choque Séptico.

Aluna: Vivian de Lavor Soares

Orientador: Dra. Luciana Diniz Nagem Janot Matos

Título do Projeto de Pesquisa: A presença de déficit cognitivo e sua associação com ansiedade e depressão em portadores de insuficiência cardíaca descompensada hospitalizados.

Intercâmbio

Currículo da graduação em Enfermagem do Einstein foi considerado equivalente ao das universidades americanas

Sulamita Dias Abrahamsohn

Assim que concluiu a Faculdade de Enfermagem do Einstein, submeteu aos órgãos do Texas (EUA), o currículo para validação do título de graduação obtido no Brasil. Teve resposta positiva e o diploma validado para se especializar ou atuar no país. Na resposta do órgão norte-americano ao pedido de validação do diploma, Sulamita foi comunicada que o Currículo da Graduação em Enfermagem do Einstein foi considerado equivalente ao Bachelor of Science in Nursing, curso superior de Enfermagem oferecido pelas universidades estadunidenses. Isso significa que, após a submissão do diploma ao conselho dos EUA, Sulamita esteve apta a prestar o NCLEX (National Council Licensure Examination), exame obrigatório para qualquer profissional, inclusive formados em território norte-americano.

“Durante a faculdade eu tive a oportunidade de fazer um estágio em Houston, em um hospital referência em Oncologia, o MD Anderson. E eu gostei muito da forma como os Enfermeiros trabalham lá. Nos EUA, a carreira de Enfermagem é muito valorizada e há uma grande demanda por este profissional no país” conta Sulamita.

Para conseguir atuar nos Estados Unidos, o primeiro passo é validar o diploma. O processo envolve o envio de uma série de documentos e avaliações. “O currículo acadêmico do aluno é avaliado por algumas empresas credenciadas aos órgãos responsáveis pela Enfermagem no país”, explica a Enfermeira.

Após ter o diploma validado, Sulamita teve a permissão para fazer a prova que todo profissional graduado em Enfermagem deve prestar, o NCLEX (National Council Licensure Examination). A partir daí, ela iniciou um curso de validação clínica destinado a estrangeiros que possuem menos de dois anos de experiência prática na área.

“O conteúdo do curso de validação clínica é muito parecido com o que estudei no Brasil. A tecnologia aqui no Texas também é equivalente a que vi durante a faculdade, o que facilitou muito minha adaptação. Eu não poderia chegar aonde estou hoje se não tivesse passado por uma faculdade como a do Einstein. A formação que recebi me deixa tranquila para enfrentar os desafios clínicos e de relacionamento que a carreira do Enfermeiro impõe aqui nos EUA”, declara Sulamita.

Uma avaliação tão positiva como essa encoraja a construção de carreiras com garra e ousadia, consolidando as perspectivas e as oportunidades que a Graduação do Einstein oferece. Confira aqui a matéria com a história da Saulamita.

Programa de estágio internacional - MD Anderson


A oportunidade de fazer intercâmbio internacional enriquece o currículo de estudantes e profissionais. Os alunos da Faculdade Israelita de Ciências da Saúde Albert Einstein (FICSAE) têm essa oportunidade por meio do convênio com instituições de elevado padrão de qualidade. Atualmente, as possibilidades de intercâmbio nos Estados Unidos são no MD Anderson Cancer Center e na School of Nursing at Johns Hopkins University. Conheça a experiência de estágio da Gabriella Annicchino, ex-aluna da Graduação em Enfermagem do Einstein, no MD Anderson Cancer Center.

Além de receber alunos de instituições estrangeiras, como Megan Armbruster e Meredith Lu, da School of Nursingat Johns Hopkins (confira matéria aqui), a Graduação em Enfermagem do Einstein também oferece aos seus alunos oportunidades de complementar o conhecimento fora do país.

Depoimento do ex-aluno Crisogono
Depoimento da aluna Sthefani
Depoimento da aluna Julia
Depoimento da ex-aluna Graziely
Dia de Estudante
Monitorias
De estudante a profissional

Depoimentos

Confira acima depoimentos de estudantes do Einstein sobre o curso de Enfermagem.


Notícias

Logomarca do OUVID.

Importância da assistência direcionada à saúde mental para alunos e profissionais durante a pandemia da COVID-19

Ver mais
Logomarca do OUVID.

Após doença, Marcelo abandonou o jornalismo e encontrou sua vocação na Enfermagem

Ver mais
Logomarca do OUVID.

Enfermeiras mostram-se versáteis nas diversas áreas da profissão

Ver mais
Logomarca do OUVID.

Profissionais da Enfermagem e suas atuações heroicas ao longo da história

Ver mais
Logomarca do OUVID.

Imersão na área de Gestão em Saúde promove bons resultados para profissional da área

Ver mais

Apoio ao Estudante

Bolsa De Estudos Por Critério Socioeconômico

O programa de bolsas de estudos concedidas por critério socioeconômico para alunos da Graduação em Enfermagem oferece desconto de até 100% do valor da mensalidade. A bolsa é renovada automaticamente até o 6º semestre de graduação (3º ano completo), desde que comprovada a manutenção dos critérios socioeconômicos que permitiram a concessão do benefício, assim como a ausência de reprovação ou medida disciplinar maior de qualquer natureza. A partir do 7º semestre da Graduação (4º e último ano do curso), o aluno poderá participar de processos seletivos para atividades de extensão oferecida pela instituição, dentre elas o estágio extracurricular remunerado. A cada ano, a instituição poderá solicitar a atualização de documentos que confirmem que o aluno continua atendendo aos critérios exigidos.

Processo De Solicitação E Concessão Bolsa De Estudo Por Critério Socioeconômico

Os candidatos interessados na bolsa de estudos por critério socioeconômico devem enviar sua solicitação somente após realizarem sua inscrição no vestibular.
Todas as solicitações serão analisadas e priorizadas de acordo com critérios socioeconômicos estabelecidos pela instituição e direcionados conforme classificação obtida no vestibular. O resultado será comunicado por e-mail, juntamente com a aprovação do candidato no Vestibular.
Confira detalhes da solicitação de bolsa de estudo por critério socioeconômico para vestibulandos para o processo seletivo 2021:

ATENÇÃO: Data limite para envio da solicitação até 13:00 do dia 18/12/2020.

Lista de Documentos necessários para solicitação on-line de Bolsa de Estudos.

Clique aqui e preencha o formulário on-line para solicitação de bolsa de estudos.

Observações para anexar documentos junto ao formulário on-line de solicitação de bolsas de estudos por critérios socioeconômicos:

• Anexar a pasta zipada com os documentos digitalizados no formato JPG (Em caso de dúvidas clique aqui);

• É de responsabilidade do candidato garantir o envio dos documentos solicitados de forma legível.

• O candidato poderá anexar e enviar os documentos uma única vez;

• A ausência de documentos que comprovem as informações fornecidas no formulário excluirá o candidato do processo de avaliação;

• O candidato se responsabiliza pela veracidade das informações fornecidas no Relatório para Requisição de Apoio Financeiro;

• Na matrícula, o estudante deverá apresentar os documentos originais separados: pessoas do grupo familiar e aluno;

• Documentos complementares poderão ser solicitados;

• Tamanho máximo do arquivo zipado: 30MB (o formato ZIP é obrigatório);

Confira o Manual de Boas Práticas na Digitalização de Documentos.


Em caso de dúvidas, entrar em contato pelo e-mail: apoiofacenf@einstein.br (esse endereço de e-mail deve ser usado somente para tirar dúvidas. O envio da documentação deve ser feita exclusivamente pelo canal ANEXAR DOCUMENTOS no formulário).


Monitoria Remunerada


Programa de Apoio Financeiro disponibiliza aos alunos a possibilidade de participar de Monitorias, nas quais os alunos selecionados prestam serviços em diversas áreas do Hospital Israelita Albert Einstein e, em contrapartida, recebem abatimento de valor nas mensalidades. As monitorias são divulgadas no decorrer do ano letivo, de acordo com a necessidade dos gestores das áreas. Para concorrer, o aluno deve estar devidamente matriculado, realizar inscrição e participar de entrevista com o gestor da área escolhida nas datas pré-estabelecidas pela Instituição. Após a aprovação, o estudante desenvolverá atividades práticas de acordo com a proposta da área solicitante e será contemplado com um desconto correspondente a 50% do valor da mensalidade atual da Graduação em Enfermagem.


FIES


O que é FIES

O Fundo de Financiamento Estudantil (FIES) é um programa do Ministério da Educação (MEC) destinado à concessão de financiamento a estudantes regularmente matriculados em cursos superiores presenciais não gratuitos e com avaliação positiva nos processos conduzidos pelo MEC.

Quem pode solicitar o FIES?


Poderá se inscrever no processo seletivo o candidato que participou do ENEM, a partir da edição de 2010, e tenha obtido média aritmética das notas nas provas igual ou superior a 450 (quatrocentos e cinquenta) pontos e nota superior a 0 (zero) na redação. Para se inscrever na modalidade FIES, é necessário que o candidato possua renda familiar mensal bruta, por pessoa, de até 3 (três) salários mínimos.


Confira os passos para solicitar o financiamento:

1. Inscrição no FIES


Preencher a ficha de inscrição on-line, disponível no site do FIES (http://fies.mec.gov.br/) de acordo com o período especificado no Edital SESU.



2. Classificação


Os candidatos serão classificados no grupo de preferência para o qual se inscreveram, atendida a prioridade indicada dentre as 3 (três) opções de curso/turno/local de oferta escolhidas, em ordem decrescente e de acordo com as notas obtidas no Enem, observada a seguinte sequência:


I. Candidatos que não tenham concluído o ensino superior e não tenham sido beneficiados pelo financiamento estudantil;


II. Candidatos que não tenham concluído o ensino superior, mas já tenham sido beneficiados pelo financiamento estudantil e o tenham quitado;


III. Candidatos que já tenham concluído o ensino superior e não tenham sido beneficiados pelo financiamento estudantil;


IV. Candidatos que já tenham concluído o ensino superior e tenham sido beneficiados pelo financiamento estudantil e o tenham quitado.


Serão pré–selecionados na chamada única os candidatos classificados com base no número de vagas disponíveis no grupo de preferência.


3. Resultado


O candidato pode consultar o resultado das modalidades FIES no site http://fies.mec.gov.br/. Os candidatos pré-selecionados na chamada única para a modalidade FIES devem complementar suas informações no site http://fies.mec.gov.br/, para contratação do financiamento.

4. Validação das informações


Após a complementação da inscrição no FIES, o candidato deve:


• Entrar em contato com o CPSA para agendar a validação das informações em até 5 (cinco) dias, contados a partir do dia subsequente ao da complementação da sua inscrição na modalidade do FIES. Nesse momento, o candidato deverá apresentar os documentos comprobatórios das informações que inseriu na inscrição;

• Comparecer a um agente financeiro em até 10 (dez) dias, contados a partir do 3º dia útil imediatamente subsequente à data da validação da inscrição pela CPSA, com a documentação exigida e especificada nos normativos vigentes para fins de contratação e, uma vez aprovada pelo agente financeiro, formalizar a contratação do financiamento.

Investimento

Apoio Financeiro

Valor da mensalidade para 2021: 12 parcelas de R$ 2.034,00 por ano, com opções de bolsas de estudos.

Os alunos da Graduação em Enfermagem do Einstein têm duas opções de Apoio Financeiro: bolsa de estudo por critério socioeconômico e FIES. Saiba mais.

Processo Seletivo

Desde 2020, a Graduação em Enfermagem do Einstein oferece duas opções de ingresso: Vestibular e submissão da nota do ENEM, sendo disponibilizadas 80 vagas para a modalidade Vestibular e 40 vagas para notas do ENEM. Em ambos os casos, o preenchimento das vagas oferecidas obedecerá à ordem de classificação final dos candidatos.

Ingresso via Vestibular

O Vestibular para a Graduação em Enfermagem é realizado em fase única, que contempla a avaliação das competências acadêmicas por meio de prova objetiva e questões dissertativas.

Confira as datas do Vestibular 2021 do Curso de Enfermagem do Einstein:

DE 25 DE SETEMBRO A 23 DE NOVEMBRO DE 2020

Período de inscrições no site www.vunesp.com.br. Das 10 horas de 25 de setembro às 23h59 de 23 de novembro de 2020.

24 DE NOVEMBRO DE 2020

Data limite para pagamento do boleto.

04 DE DEZEMBRO DE 2020

Divulgação do local da prova no site www.vunesp.com.br/FEAE2002.

13 DE DEZEMBRO DE 2020

Realização da prova.

ATÉ 14 DE DEZEMBRO DE 2020

Divulgação do gabarito das questões objetivas da prova em www.vunesp.com.br.

14 E 15 DE DEZEMBRO DE 2020

Período para interposição de recurso das questões objetivas.

13 DE JANEIRO DE 2021

Divulgação da lista de classificação geral após a avaliação dos recursos da prova objetiva (ver páginas 27 e 28) – www.vunesp.com.br/FEAE2002.

13 E 14 JANEIRO DE 2021

Período para interposição de recurso de resultado das notas da prova dissertativa e da redação.

22 DE JANEIRO DE 2021

Divulgação da lista de classificação geral após a avaliação dos recursos das notas da prova dissertativa e da redação e convocação para matrícula em 1ª chamada no site em www.vunesp.com.br.

22 A 27 DE JANEIRO DE 2021

Período de matrícula 1 chamada na Faculdade Israelita de Ciências da Saúde Albert Einstein (ver endereço na página 35).

28 A 01 DE FEVEREIRO DE 2021

Divulgação dos candidatos e período de matricula convocados em 2ª chamada no site www.vunesp.com.br

02 a 04 DE FEVEREIRO DE 2021

Divulgação dos candidatos e período de matricula convocados em 3ª chamada no site www.vunesp.com.br

05 A 09 DE FEVEREIRO DE 2021

Divulgação dos candidatos e período de matricula convocados em 4ª chamada no site www.vunesp.com.br

10 A 12 DE FEVEREIRO DE 2021

Divulgação dos candidatos e período de matricula convocados em 5ª chamada no site www.vunesp.com.br


Confira o Edital do Processo Seletivo 2021


Ingresso via ENEM

Os candidatos que decidirem utilizar a nota do ENEM para o processo seletivo deverão fazer essa opção no ato da inscrição on-line, no site da VUNESP. Neste caso, os participantes não serão convocados a realizar as provas do Vestibular.


Para participar da seleção nessa modalidade é necessário que o candidato tenha realizado todas as provas e obtido notas no ENEM 2018 e/ou 2019. Caso tenha prestado os dois anos, serão consideradas as notas do ano que resultar no melhor desempenho.


Ingresso via Transferência (Vagas Remanescentes)


O processo seletivo é composto de duas fases: análise curricular e entrevistas.


Datas e etapas do processo seletivo:


Em breve.

Formulário para transferência


O envio da documentação deve ser feito somente via formulário. Não serão considerados documentos enviados por e-mail. Em caso de dúvidas, entre em contato: facenf@einstein.br.

Local e Horário

Endereço

Av. Prof. Francisco Morato, 4.293 - Butantã - São Paulo - SP.

Horário das aulas

Carga horária teórica: 4.140 horas

Carga horária prática: 1.170 horas

Período das aulas: manhã, das 7h30 às 12h30*

Período dos estágios: manhã, das 7h às 12h30**

Vagas: 60 vagas 1º semestre / 60 vagas 2º semestre



* As aulas do 1º ano iniciam às 7h15.

** O estágio de Administração (4º ano) termina às 13h.

Fale conosco

Secretaria acadêmica

Fone: 11 2151-6808
E-mail: facenf@einstein.br
Av. Prof. Francisco Morato, 4.293 – Butantã, São Paulo (SP)

Dúvidas frequentes

São oferecidos descontos por meio de Bolsa de Estudo, Bolsa Monitoria e Estágio extracurricular. Confira os detalhes na seção Investimento.

Sim. Em janeiro e julho abrimos o Processo Seletivo de Transferência. Caso queira ser avisado no período de inscrição para transferência, envie um e-mail para faculdade@einstein.br com o assunto "Avise-me sobre o período de transferência".

Nosso curso é matutino. No período da tarde são oferecidas atividades de extensão opcionais.

No 1º ano (2º semestre), na disciplina de Atenção Básica I.

Processo Seletivo

Vagas

Período

pinCESAS - Morato

Investimento

Preencha os campos abaixo e receba um e-mail quando o curso abrir inscrições.