fechar

PROCESSO SELETIVO 2021
Confira o Edital do Processo Seletivo 2021 e Inscreva-se!

PROCESSO SELETIVO POR MEIO DE TRANSFERÊNCIA
Lista de convocados para 3ª Fase (Entrevista):
De acordo com o previsto nos artigos 8.1 e 8.2 do Edital de Transferência Medicina - Verão 2021 a candidata Vittoria Caporal Salles Moreira está convocada para a próxima fase do referido processo. Confira aqui o Gabarito da prova da 2ª Fase.
A entrevista será realizada por ZOOM (link a ser enviado) às 8h00 do dia 25/11/2020

Graduação em Medicina

Sobre o curso

A Graduação em Medicina da Faculdade Israelita de Ciências da Saúde Albert Einstein foi autorizada com nota máxima pelo MEC, segundo a Portaria Nº 504, de 2 de julho de 2015. Contando com uma estrutura inovadora, o curso permite que o aluno tenha participação ativa em seu aprendizado, sendo as discussões em grupo parte predominante da metodologia de ensino. Outro diferencial é a abordagem dos aspectos relacionados à atitude profissional, que visa a formar Médicos com participação responsável no sistema de saúde.

diploma



A Faculdade

Com estrutura moderna e tecnologia de imagem e som de ponta, as salas de aula foram desenhadas para facilitar a interação entre professor e alunos.

Salas de Trabalho em Grupo

Salas com estrutura flexível, permitindo montagens que facilitam a dinâmica em grupos.

Laboratório de Anatomia

Composto por bancadas que comportam 60, possui espaço para armazenar materiais e manequins anatômicos (esqueletos, torsos, sistemas orgânicos e órgãos diversos).

Laboratório Multidisciplinar (Farmacologia, Bioquímica e Biofísica)

Composto por bancadas que comportam 60, possui espaço para armazenar materiais e manequins anatômicos (esqueletos, torsos, sistemas orgânicos e órgãos diversos).

Laboratório de Procedimentos

Espaço similar a uma Enfermaria de internação, projetado para treinamento de procedimentos de assistência ao paciente. É composto por camas hospitalares, berço aquecido, material de reanimação e uma grande quantidade de materiais de uso hospitalar, manequins e equipamentos.

Laboratório de Morfologia Integrada

Composto por bancadas de computadores para 60 alunos e duas telas de alta definição, o laboratório proporciona maior contextualização dos conceitos de morfologia macro e micro para o ensino de anatomia e histologia.

Laboratório de Centro Cirúrgico

Espaço similar ao Centro Cirúrgico, projetado para treinamento de assistência ao paciente em situação grave, especialmente centro cirúrgico e recuperação anestésica.

Área de Convivência

Amplo espaço livre, que permite a convivência de alunos e professores dos diversos cursos, promovendo vínculos de amizade importantes para o desenvolvimento pessoal, acadêmico e profissional. A área também é utilizada para exposições, feiras, workshops e eventos culturais.

CEEBE (Centro Einstein de Esportes e Bem-estar)

Localizado no Morumbi, próximo ao Hospital, esse espaço de convivência com foco na prática esportiva e que visa ao bem-estar físico e psicológico dos estudantes, apoiando o indivíduo durante sua experiência no Einstein. Saiba mais.

CEEBE (Centro Einstein de Esportes e Bem-estar)

Os alunos das graduações em Medicina e em Enfermagem e os residentes do Ensino Einstein passam a contar com um centro de convivência com foco na prática esportiva e que visa ao bem-estar físico e psicológico dos estudantes.

O Centro Einstein de Esportes e Bem-Estar (CEEBE) está localizado no Morumbi, próximo ao Hospital, e tem como objetivo apoiar o indivíduo durante sua experiência no Einstein, procurando contribuir com sua formação pessoal e profissional. Para isso, disponibilizará, entre outros espaços, academia, quadras poliesportivas, solário e mirante, além de amplas áreas de convivência.


Afirma o Presidente da Sociedade Beneficente Israelita Brasileira Albert Einstein:

Hoje, falamos muito de obesidade, sedentarismo, de más condições de vida e falta de atividade física. Criar um ambiente adequado para que nossos alunos tenham, ao mesmo tempo, condições de convívio, uma vida saudável, opções de válvulas de escape que evite o burnout, de fato são questões representadas na construção deste espaço.

E completa:

É um espaço que permite aos alunos um ambiente de lazer, onde possam se encontrar e conversar e ter uma visa social além do curso, além do que é ensinado em sala de aula, e sim no que eles entendem como importante para a saúde deles.

O CEEBE também será responsável por liderar e estimular ações de promoção de saúde que direcione os alunos para hábitos, comportamentos e condições de vida saudáveis, como:

Atividades físicas e prática esportiva;

Praticas de Saúde Mental - meditação e mindfullness;

Eventos de integração e relacionamento estudantil;

Atividades de integração dos novos alunos e seus familiares;

Parcerias interdisciplinares internas e externas de apoio para estudantes, como nutrição, finanças, carreira e psicologia;

Desenvolver pesquisa de saúde e bem-estar.


Confira a galeria de imagens do CEEBE:

Imagens do CEEBEImagens do CEEBEImagens do CEEBEImagens do CEEBEImagens do CEEBEImagens do CEEBEImagens do CEEBEImagens do CEEBEImagens do CEEBE

O Centro Einstein de Esportes e Bem-Estar conta com:

Espaços de convivência

1 academia

1 ampla sala de jogos

2 quadras poliesportivas cobertas

1 quadra de areia

1 espaço com churrasqueira

1 redário

1 Rooftop

Armários

*O Centro Einstein de Esportes e Bem-Estar é disponibilizado aos alunos das Graduações em Enfermagem e Medicina e aos Residentes mediante inscrição. Para mais informações, entre em contato pelo e-mail ceebe@einstein.br ou (11) 2151-8218 pelo telefone.

Corpo docente

Diretoria

Dr. Alexandre Holthausen Campos

Pós-doutorado pela Universidade de Atlanta-Morehouse School of Medicine. Doutor em Medicina pela Universidade Federal de São Paulo. Atualmente é Diretor de Graduação em Medicina e Diretor Acadêmico de Ensino junto ao Instituto Israelita de Ensino e Pesquisa Albert Einstein. Experiência em Educação Médica na área de Biologia Geral, com ênfase em Biologia Celular e Molecular, atuando principalmente nos seguintes temas: biologia de células mesangiais e de musculatura lisa vascular.



Coordenação

Dr. Júlio César Martins Monte

Pós-doutor pela Universidade da Califórnia, San Diego. Doutor em Medicina (Nefrologia) pela Universidade Federal de São Paulo. Médico do Instituto Israelita de Ensino e Pesquisa Albert Einstein. Atua principalmente em insuficiência renal aguda.



Corpo Docente

Dr. Albert Bousso

Doutor em Medicina (Pediatria) pela Universidade de São Paulo. Atualmente é Coordenador Médico da Divisão Pediátrica do Hospital Municipal Vila Santa Catarina e do Hospital Israelita Albert Einstein. Experiência prática e de docência na área médica com ênfase em Pediatria Geral, atuando principalmente nas áreas de terapia intensiva pediátrica e imunizações em crianças e adultos.

Ana Villares Musetti

Doutora em Estatística pelo Instituto de Matemática e Estatística da Universidade de São Paulo (IME-USP), com linha de pesquisa em Análise de Sobrevivência. Atua na área de Bioestatística, ministrando cursos para médicos e profissionais da saúde. Atua no Setor de Estatística Aplicada da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp). Integrante da Comissão de Divulgação e Educação Estatística da Associação Brasileira de Estatística e da Comissão de Ensino e Aperfeiçoamento do Conselho Regional de Estatística da 3ª Região.

Dr. Carlos Augusto C. de Oliveira

Doutor em Medicina pela Universidade de São Paulo com ênfase em Medicina Baseada em Evidências. Experiência na área de Medicina, com ênfase em Saúde Materno-Infantil, Epidemiologia Geral e Clínica e Medicina Baseada em Evidências. Atua principalmente nos seguintes temas: Educação Médica, Medicina Baseada em Evidências e Epidemiologia Clínica.

Dr. Carlos Augusto C. de Oliveira

Doutora em Ciências Médicas pela Universidade de São Paulo. Graduação em Medicina pela FMRP-USP e residência em Clínica Médica e Reumatologia pelo Hospital das Clínicas da FMRP-USP. Especialista em Medicina de Família e Comunidade pela SBMFC. Especialista em Gestão da Saúde Pública pela UFSC. Especialista em Gestão de Processos Educacionais na Saúde e em Gestão de Políticas de Saúde Informadas por Evidências pelo IEP Sírio Libanês. Atua como professora assistente no curso de Medicina da Faculdade Israelita de Ciências da Saúde Albert Einstein, como professora do MBA de Gestão em Saúde do Instituto Israelita de Ensino e Pesquisa Albert Einstein e como coordenadora adjunta da pós-graduação em Medicina de Família e Comunidade do Instituto Israelita de Ensino e Pesquisa Albert Einstein.

Dr. David Kallás

Doutor pela EAESP-FGV em estratégia, graduação em Administração pela Universidade de São Paulo. Professor do Insper - Instituto de Ensino e Pesquisa (antigo Ibmec-SP), professor convidado da Fundação dom Cabral, Saint Paul, HSM Educação e IPL. Experiência na área de Administração com ênfase em Administração Estratégica, atuando principalmente nos seguintes temas: estratégia, gestão da estratégia, balanced scorecard, jogos de empresas e educação.

Dra. Denise M. A. Costa Malheiros

Doutora em Patologia pela Universidade de São Paulo. Professora convidada da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo e da Universidade de São Paulo. Membro da Renal Pathlogy Society. Revisora de periódico do Jornal Brasileiro de Patologia e Medicina Laboratorial e do periódico Einstein. Atua principalmente nos seguintes temas: Transplante Renal, Rejeição, Histopatologia e Imuno-histoquímica.

Durval Anibal Daniel Filho

Graduação em Medicina pela Universidade de São Paulo. Residência Médica em Pediatria pelo HCFM-USP. Coordenador médico acadêmico do curso de medicina da Faculdade Israelita de Ciências da Saúde Albert Einstein. O foco atual é o estudo do processo admissional em faculdades de medicina e a utilização do Team Based Learning como método de ensino ativo. Coordenou a implantação das Múltiplas Minientrevistas como forma de avaliação não cognitiva para a admissão ao curso de Medicina da FICS Albert Einstein.

Dra. Eduarda Ribeiro Dos Santos

Doutora em Ciências pela Universidade Federal de São Paulo. Especialista em Enfermagem Cardiovascular pelo Instituto Dante Pazzanese de Cardiologia. Docente da graduação em Enfermagem, Medicina e Mestrado Profissional da Faculdade Israelita de Ciências da Saúde Albert Einstein. Coordenadora dos cursos Pós-Graduação Enfermagem em Terapia Intensiva e Enfermagem em Nefrologia e Urologia na mesma instituição. Membro do Grupo de Ensino, Pesquisa e Assistência em Sistematização da Assistência de Enfermagem (GEPASAE, UNIFESP).

Eduardo Juan Troster

Livre Docente em Medicina (Pediatria) pela Universidade de São Paulo. Professor Pleno do curso de Medicina da Faculdade Israelita de Ciências da Saúde Albert Einstein. Coordenador do Curso de Emergências Pediátricas e do Programa de Residência Médica de Medicina Intensiva Pediátrica do Instituto Israelita de Ensino e Pesquisa Albert Einstein. Membro da Comissão de Bioética do Hospital Israelita Albert Einstein. Médico Assistente do ITACI (Instituto de Tratamento do Câncer Infantil). Linha de pesquisa: estudo de pacientes pediátricos gravemente doentes com distúrbios respiratórios e/ou cardiovasculares.

Elda Maria Stafuzza G. Pires

Mestranda em Educação na Maastricht University - Holanda (Master in Health Professional Education). Graduação em Medicina pela Universidade de São Paulo. Residência médica em Pediatria pela Universidade de São Paulo e especialização em Alergia e Imunologia pela Universidade de São Paulo. É Coordenadora Acadêmica da Graduação em Medicina da Faculdade Israelita de Ciências da Saúde Albert Einstein.

Dra. Eunice Stancati

Doutora em Ciências pela Universidade Federal de São Paulo. Mestrado em Anatomia Descritiva e Topográfica pela Universidade Federal de São Paulo. Graduação em Medicina pela Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo. Experiência na área de Medicina com ênfase em Ginecologia e Obstetrícia (clínica e cirúrgica), atuando principalmente nas seguintes áreas: Mastologia e Patologia do Trato Genital Inferior/Colposcopia e Morfologia (Anatomia, Citologia, Histologia e Embriologia).

Dra. Fernanda Teresa De Lima

Doutora em Morfologia pela Universidade Federal de São Paulo. Especialização em Educação em Saúde pela UNIFESP e Educação Continuada e Permanente em Saúde (Instituto Israelita de Ensino e Pesquisa Albert Einstein). Possui graduação em Medicina pela Universidade Federal de Santa Catarina. Formação em Melhoria Contínua de Processos, sendo certificada com Lean Belt na metodologia Lean Six Sigma pelo Hospital Israelita Albert Einstein. Chefe do Setor de Oncogenética da Disciplina de Mastologia do Departamento de Ginecologia da Universidade Federal de São Paulo e responsável pelo Ambulatório de Oncogenética do Instituto de Oncologia Pediátrica - Grupo de Apoio ao Adolescente e à Criança com Câncer da Universidade Federal de São Paulo. Médica do Centro de Aconselhamento Genético do Hospital Israelita Albert Einstein.

Fernando Bacal

Livre Docente em Cardiologia pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo. Diretor da Unidade Clínica de Transplante Cardíaco do Instituto do Coração (InCor) do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP. Experiência na área de Medicina, com ênfase em Cardiologia, atuando principalmente nos seguintes temas: insuficiência cardíaca, cardiomiopatias, miocardite, transplante cardíaco, doença de Chagas, doença vascular do enxerto após transplante, rejeição e imunossupressão. Foi Editor Chefe dos Arquivos Brasileiros de Cardiologia, Presidente do Departamento de Insuficiência Cardíaca da Sociedade Brasileira de Cardiologia e Diretor de Pesquisa da Sociedade Brasileira de Cardiologia (SBC).

Dra. Juliana Magdalon

Pós-doutoranda, doutora pelo Departamento de Fisiologia do ICB-USP, graduada em Ciências Biológicas pela Universidade de São Paulo. Estudou na Cornell University (EUA), investigando o papel do mTORC1 na transcrição gênica e tradução de RNAm durante a adipogênese. Professora da Faculdade de Medicina do Hospital Israelita Albert Einstein.

Dr. Leandro Luongo De Matos

Médico Cirurgião de Cabeça e Pescoço. Professor Livre Docente pelo Departamento de Cirurgia da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo. Pós-Doutor pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo. Doutor em Ciência pelo Departamento de Bioquímica e Biologia Molecular da Universidade Federal de São Paulo. Médico Assistente no Instituto do Câncer do Estado de São Paulo (ICESP) da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo. Professor Associado (Disciplina de Clínica Cirúrgica) da Faculdade Israelita de Ciências da Saúde Albert Einstein. Linhas de pesquisa: Biologia Molecular, Cirurgia e Epidemiologia/Bioestatística, com ênfase em neoplasias malignas e doenças da cabeça e pescoço.

Dra. Lívia Almeida Dutra

Doutora em Ciências pela UNIFESP-EPM. Residência em Clínica Médica pela UFES e em Neurologia pela UNIFESP- EPM. Médica do Processo Ensino-Aprendizagem do Hospital Israelita Albert Einstein, Professora Afiliada do Departamento de Neurologia e Neurocirurgia da UNIFESP. Chefe do ambulatório de Neurorreumatologia, Setor de Neurologia Geral da UNIFESP. Tem experiência em Medicina, com ênfase em Neuroimunologia, especialmente nos seguintes temas: Manifestações neurológicas das doenças sistêmicas, Vasculites do Sistema Nervoso, Encefalites autoimunes, Complicações Neurológicas em Reumatologia e Demências.

Dr. Luiz Fernando Aranha Camargo

Doutor em Doenças Infecciosas e Parasitárias pela Universidade de São Paulo. Graduação em Medicina pela Universidade Federal de São Paulo. Gerente do Centro de Pesquisa Clínica o do Instituto Israelita de Ensino e Pesquisa Albert Einstein e Chefe do Grupo de Infecção em Transplantes da Universidade Federal de São Paulo. Atua principalmente nos seguintes temas: transplante de órgãos sólidos e de células tronco hepatopoiéticas, infecção em transplante e infectologia ambulatorial.

Dr. Marcelino De S. Durão Júnior

Pós-doutorado (Nefrologia) pela Escola Paulista de Medicina (Unifesp). Professor afiliado da Universidade Federal de São Paulo. Atua principalmente nos seguintes temas: lesão renal aguda, transplante renal e nefrologia clínica.

Dr. Marcelo Feijó Mello

Livre-docente pela Escola Paulista de Medicina. Pós-Doutor em Neurociências pela Brown University. Doutorado em Psiquiatria e Psicologia Médica pela Universidade Federal de São Paulo e doutorado em Psiquiatria pelo Hospital do Servidor Público Estadual FMO. Chefe do departamento e professor adjunto do Departamento de Psiquiatria da Escola Paulista de Medicina da Universidade Federal de São Paulo. Atua principalmente nos seguintes temas: transtorno de estresse pós-traumático, depressão, cortisol, estresse e diagnóstico.

Dr. Marcelo Madeira

Doutor em Ginecologia pela Universidade Federal de São Paulo. Docente da Faculdade de Medicina do Hospital Albert Einstein. Editor Associado da Revista Journal of the Senologic International Society e membro do Corpo Editorial da Revista Brasileira de Mastologia. Atua principalmente nos seguintes temas: Câncer de Mama, Receptores de Estrogênio (Alfa e Beta), Terapia endócrina do carcinoma de mama, SERMs e Biomarcadores do Ciclo Celular.

Dr. Marcelo Vivolo Aun

Doutor em Ciências pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo. Residência médica em Clínica Médica e em Alergia e Imunologia Clínica. Professor Assistente de Imunologia da Faculdade Israelita de Ciências da Saúde Albert Einstein. Corresponsável pelo Ambulatório de Reações Adversas a Medicamentos do Serviço de Imunologia do Hospital das Clínicas da FMUSP. Experiência nas áreas de Alergia e Imunologia Clínica, Clínica Médica e Emergências Clínicas.

Dr. Márcio Sommer Bittencourt

Pós-doutor em pesquisa cardiovascular pela Universidade de Harvard (EUA). Doutor em cardiologia pela Universidade de São Paulo. Mestrado em Saúde Pública (Masters of Public Health - MPH) pela Universidade de Harvard (EUA). Residência Médica em Cardiologia no Instituto do Coração do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo. Experiência na área de Medicina com ênfase em Cardiologia, Imagem Cardiovascular e Epidemiologia Clínica.

Dra. Mariana Maleronka Ferron

Doutora em Medicina Preventiva pela Universidade de São Paulo. Residência em Medicina de Família e Comunidade pelo Grupo Hospitalar Conceição. Atuou como médica de família e gerente de UBS na Fundação Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo; como preceptora de Medicina de Família da residência da Universidade de São Paulo e como Diretora do Departamento de Atenção à Saúde Indígena do Ministério da Saúde. É professora de Atenção Primária à Saúde e da especialização em Saúde Indígena da Universidade Federal de São Paulo. Atua principalmente nos seguintes temas: medicina de família, atenção primária, saúde ambiental e saúde indígena.

Dra. Marinês Dalla Valle Martino

Doutora em Medicina pela Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo. Professora Adjunto da Disciplina de Microbiologia do Departamento de Ciências Patológicas da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo e Médica coordenadora do Setor de Microbiologia do Laboratório Clínico da Sociedade Beneficente Israelita Brasileira Hospital Albert Einstein (SBIBHAE). Coordenadora do Curso de Especialização em Patologia Clínica do Instituto de Ensino e Pesquisa da SBIBHAE e da modalidade Microbiologia. Membro do Comitê Brasileiro de Testes de Sensibilidade. Coordenadora do Comitê Científico da Sociedade Brasileira de Patologia Clínica. Atua principalmente nos seguintes temas: enterococos resistentes à vancomicina, infecção urinária, infecção relacionada a cateter vascular, infecção em unidade de terapia intensiva, detecção de microrganismos multirresistentes.

Dr. Mário Lenza

Pós-Doutor pela Universidade Monash, na Austrália. Especialidade em Ortopedia e Traumatologia e subespecialidade em Cirurgia do Ombro e Cotovelo pela Universidade Federal de São Paulo - UNIFESP. Médico do Programa de Ortopedia, coordenador da Residência Médica em Ortopedia e Traumatologia, coordenador da Disciplina de Metodologia/Epidemiologia, Professor orientador do Programa de Pós-Graduação stricto sensu e Professor da Disciplina de Morfologia da Faculdade Israelita de Ciências da Saúde Albert Einstein.

Dr. Mario Thadeu Leme De B. Filho

Doutor em Direito pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo. Professor do Eixo de Humanidades do Curso de Medicina da Faculdade Israelita de Ciências da Saúde Albert Einstein. Experiência na área de Direito com ênfase em Direito Constitucional, Direitos Humanos e Filosofia do Direito.

Dr. Mauricio Mendes Barbosa

Pós doutor pelo Departamento de Obstetrícia da Universidade Federal de São Paulo. Experiência na área de Obstetrícia com ênfase em Medicina Fetal, atuando principalmente nos seguintes temas: Medicina fetal, Vitalidade Fetal, Dopplervelocímetria fetal venosa e arterial, Restrição de Crescimento Fetal, Cirurgia fetal e Perinatologia.

Dr. Miguel José Francisco Neto

Doutor em Medicina (Radiologia) pela Universidade de São Paulo. Médico assistente do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP, Médico Coordenador do Serviço de Ultrassonografia do Hospital Israelita Albert Einstein e Coordenador do Programa de Residência Médica em Radiologia e Diagnóstico por Imagem do Hospital Israelita Albert Einstein. Atua principalmente nos seguintes temas: ultrassonografia geral e medicina interna, classificação ultrassonográfica dos derrames pleurais, Doppler, contraste ultrassonográfico e elastografia.

Dra. Nancy Amaral Rebouças

Pós-doutora pela Universidade Yale. Doutora em Ciências (Fisiologia Humana) pela Universidade de São Paulo. Professora associada da Universidade de São Paulo. Atua na área de Fisiologia com ênfase em Fisiologia Renal.

Dr. Renato Melli Carrera

Doutor em Medicina (Cirurgia) pela Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo. Especialização em Master of Business Administration pelo Insper. Gerente de Prática Médica da Sociedade Beneficente Israelita Brasileira Albert Einstein e Membro de corpo editorial.

Dra. Renée Zon Filippi

Doutora em Patologia. Graduação em Medicina pela Universidade Federal do Espírito Santo. Coordenadora Médica de Anatomia Patológica do Hospital Israelita Albert Einstein. Patologista e Médica Assistente do Instituto de Ortopedia e Traumatologia do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo. Atua na Patologia cirúrgica com ênfase nas áreas de Patologia Óssea e de Partes Moles, Patologia Pediátrica e Uropatologia.

Dra. Rita De Cassia Sanchez E Oliveira

Doutora em Medicina pela FMUSP. Especialista em Medicina Fetal pela Harvard Medical School (EUA). Especialista em Ginecologia e Obstetrícia pela FEBRASGO. Especialista em Ultrassonografia em Ginecologia e Obstetrícia pela FEBRASGO. Especialista em Melhoria em Saúde pelo IHI (Institute for Healthcare Improvement). Participou da Implantação do Setor de Medicina Fetal no Hospital e Maternidade São Luiz e do Hospital Israelita Albert Einstein. Possui MBA em Economia e Gestão em Saúde pela UNIFESP. Coordenadora do Programa Parto Adequado, colaborativa nacional que tem como parceiros o HIAE, ANS, IHI e Ministério da Saúde.

Dra. Simone Almeida Da Silva

Pós-Doutora pelo projeto de pesquisa multicêntrico "Latin America Treatment and Innovation Network - Mental Health" do Núcleo de Apoio em Pesquisa em Saúde Mental Populacional da USP. Residência médica em Medicina de Família e Comunidade. Trabalhou na Estratégia Saúde da Família da Fundação Faculdade de Medicina (FFM-USP) e na supervisão da Residência de Medicina de Família e Comunidade da USP. Professora Assistente na Universidade da Cidade de São Paulo (UNICID) e na assistência, como médica de família e comunidade da AMIL.

Dr. Thiago Junqueira A. da Silva

Doutor em Ciências pela Universidade de São Paulo. Graduação em Medicina pela Universidade de São Paulo e residência médica em Clínica Médica e Geriatria pelo Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (HC-FMUSP). É Médico Assistente do Serviço de Geriatria do HC-FMUSP, atuando como coordenador de pesquisas de sua enfermaria. Professor Colaborador do Departamento de Clínica Médica da FMUSP. Professor Assistente na Faculdade Israelita de Ciências da Saúde Albert Einstein.

Dr. Thomaz A. A. Rocha e Silva

Professor de Farmacologia e Células e Genes - módulo de Bioquímica. Biólogo, com Graduação e Mestrado pela Universidade Federal de São Carlos (UFSCar), Doutorado e Pós Doutorado pela Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP).

Andrea de Abreu Feijó de Mello

Possui graduação em Medicina pela Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo (1990), mestrado em Psiquiatria e Psicologia Médica pela Universidade Federal de São Paulo (2001) e doutorado em Ciências pela Universidade Federal de São Paulo (2005) com bolsa sanduíche da Capes na Brown University (EUA). Concluiu pós doutorado no Depto de Psiquiatria da Universidade Federal de São Paulo em 2014. É médica concursada da Escola Paulista de Medicina e Professora Afiliada, coordena o PROVE (Programa de Atendimento e Pesquisa em Violência da UNIFESP). É professora de psiquiatria na Faculdade Israelita de Ciências da Saúde Albert Einstein. Tem experiência na área de Psiquiatria, com ênfase em Transtornos do Humor e Estresse, atuando principalmente nos seguintes temas: ansiedade, depressão, transtorno bipolar, estresse pós traumático, diagnóstico e tratamento farmacológico e psicoterápico.

Ebe Christie de Oliveira

Doutora em Ciências médicas pela Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Professora da disciplina de Morfologia II do curso de Medicina da Faculdade Israelita de Ciências da Saúde Albert Einstein. Médica anatomopatologista do Departamento de Anatomia Patológica do Hospital Israelita Albert Einstein. Principal área de atuação: Dermatopatologia.

Gabriel Ventura

Graduação, Mestrado e Doutorado em Medicina pela Universidade de Paris V Paris Descartes. Doutorado em Saúde Pública pela Universidade de São Paulo. Atualmente é médico assistente do berçário do Hospital Universitário da Universidade de São Paulo desde 1994 e Professor responsável pela Neonatologia no internato da Faculdade Israelita de Ciências da Saúde Albert Einstein (Medicina) em São Paulo desde 2020. Tem experiência nas áreas de Pediatria e Neonatologia, com ênfase em Saúde Perinatal e Materno-Infantil. Pontos de interesse: Saúde Perinatal, Humanização do atendimento ao Recém-Nascido (RN) em sala de parto, Adaptação cardio-respiratória do RN, Hemodinâmica neonatal e Prevenção do dano neurológico no RN.

Helena Hachul de Campos

Doutorado e Pós Doutorado pela Universidade Federal de São Paulo. Professora do curso de Medicina da Faculdade Israelita de Ciências da Saúde Albert Einstein. Professora Afiliada do Departamento de Psicobiologia – Medicina e Biologia do Sono na Universidade Federal de São Paulo. Preceptora dos residentes em Ginecologia Endocrinológica no Hospital Santa Marcelina. Chefe do Setor Sono na Mulher na Universidade Federal de São Paulo. Pesquisadora do Instituto do Sono. Linha de pesquisa: Menopausa, terapia hormonal, sono na mulher.

Joaquim Edson Vieira

Professor Associado, MS-5, da Disciplina de Anestesiologia, Depto de Cirurgia da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (FMUSP). Docente da Faculdade Israelita de Ciências da Saúde Albert Einstein. Médico assistente, Divisão de Anestesia do Hospital das Clínicas da FMUSP. Ex-Fellow, University of Chicago; Livre-Docente, Faculdade de Medicina da USP; Masters, Medical Education, University of Dundee; Ex-pesquisador visitante do National Board of Medical Examiners, NBME. Produção científica nas linhas de Educação Médica, Anestesiologia, Residência Médica, Curriculo.

Leandro Teixeira Castro

Doutor em Ciências Médicas pela Universidade de São Paulo. Graduação em Medicina e Residência em Clínica Médica pela Universidade de São Paulo. Professor do curso de Emergências Clínicas da Faculdade Israelita de Ciências da Saúde Albert Einstein. Coordenador do Curso de Pós-Graduação em Medicina de Urgência e Emergência do Hospital Israelita Albert Einstein.

Lisandra Stein Bernardes Ciampi de Andrade

Professora Livre Docente pela Universidade de São Paulo. Realizou graduação, mestrado e doutorado nessa mesma instituição. Realizou Residência Médica em Obstetrícia e Ginecologia no Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP. É Especialista em Medicina Fetal pela Université Paris V (2007) e Especialista em Ultrassonografia pela Universidade Paris XI (2008). Coordenou o Setor de Medicina Fetal da Clínica Obstétrica do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP de 2014 a 2019 tendo criado, implementado e coordenado o Grupo de Cirurgia Fetal e o Grupo de Atendimento Integral à Gestante de Fetos com Malformaçao (GAI) desse mesmo serviço. Foi responsável pela criação e implementação da residência médica (R4) em medicina fetal do Hospital das clínicas da universidade de São Paulo. Atualmente é Orientadora plena do Programa de Pós-Graduação em Obstetrícia de Ginecologia da Faculdade de Medicina da USP desde 2011, é Professora Colaboradora da Disciplina de Obstetrícia do Departamento de Obstetrícia e Ginecologia da Faculdade de Medicina da USP desde 2017. É professora da Faculdade Israelita de Ciências da Saúde do Hospital Albert Einstein desde 2018.

Luciana Gioli Pereira

Pós- doutorado em Genética de Cardiopatias Congênitas no Laboratório de Genética e Cardiologia Molecular, InCor - HCFMUSP. Doutorado em Biologia Molecular pela UNIFESP. Especialista em Cardiologia pelo InCor - HCFMUSP. Especialista em Clínica Médica pela UNIFESP. Graduação em Medicina pela UNIFESP. Graduação em Ciências Biológicas - Modalidade Médica pela UNIFESP. Médica diarista da Unidade de Terapia Intensiva adulto do Hospital Municipal Dr Gilson de Cassia Marques de Carvalho (Hospital Vila Santa Catarina) – Hospital Israelita Albert Einstein. Médica plantonista da Unidade de Terapia Intensiva adulto do Hospital Municipal Dr Moyses Deutsch (MBoi Mirim). Atualmente, docente e pesquisadora da Faculdade Israelita de Ciências da Saúde Albert Einstein. Linha de pesquisa: insuficiência cardíaca crônica e cardiologia em terapia intensiva adulto.

Luis Otavio Sales Ferreira Caboclo

Neurologia Clínica no Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo. Especialização em Epilepsia e Eletroencefalografia na Universidade Federal de São Paulo. Mestrado em Ciências e Doutorado em Neurologia/Neurociências, Departamento de Neurologia e Neurocirurgia, Universidade Federal de São Paulo. Research Fellow do Departamento de Epilepsia Clínica e Experimental, Institute of Neurology, University College London. MBA Executivo em Gestão de Saúde, INSPER Instituto de Ensino e Pesquisa, São Paulo. Coordenador Médico do Setor de Neurofisiologia Clínica do Hospital Israelita Albert Einstein, São Paulo. Docente Permanente do Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu do Instituto Israelita de Ensino e Pesquisa, Hospital Israelita Albert Einstein. Professor de Neurologia da Faculdade Israelita de Ciências da Saúde Albert Einstein. Presidente da Associação Brasileira de Epilepsia (ABE), termo 2010-2014. Presidente da Sociedade Brasileira de Neurofisiologia Clínica (SBNC), termo 2015-2017.

Marcelo Passos Teivelis

Doutor em Ciências da Saúde pelo Instituto Israelita de Ensino e Pesquisa Albert Einstein. Professor Assistente do Curso de Medicina da Faculdade Israelita de Ciências da Saúde Albert Einstein (FICSAE). Cirurgião Vascular do Hospital Municipal Vila Santa Catarina. Residência Médica em Cirurgia Vascular e Cirurgia Geral - Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (HC-FMUSP). Graduação em Medicina - Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (FMUSP).

Mariana Bendlin Calzavara

Graduada em Ciências Biológicas - Modalidade Médica (2001) e Medicina (2012) ambas pela Universidade Federal de São Paulo. Realizou Mestrado (2004), Doutorado (2008) e Pós-Doutorados em Psicofarmacologia (2010) e Residencia Medica (2018) e Pos-doutorado ambos em Psiquiatria (2013) pela Universidade Federal de São Paulo. Atualmente é Professora de Psiquiatria do curso de Medicina na Faculdade Israelita de Ciências da Saúde Albert Einstein e atua como Professora Afiliada, Orientadora de Pós-graduação e Coordenadora do Grupo de Pesquisa e Ensino em Transtornos de Ansiedade do Departamento de Psiquiatria da Universidade Federal de São Paulo. Membro atuante do Schizophrenia International Research Society e International Early Psychosis Association. Tem experiência na área de Psicofarmacologia e Psiquiatria atuando como pesquisadora principalmente nos seguintes temas: ansiedade, esquizofrenia, memória emocional, neurodesenvolvimento e dependência a drogas de abuso.

Milton Steinman

Possui graduação em Medicina pela Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo (1987), Residência Médica em Cirurgia Geral E Cirurgia do Trauma e Doutorado em Programa de Pós Graduação em Clínica Cirúrgica pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (1997). Atualmente é Professor Assistente da Disciplina de Cirurgia de Urgência e Emergência da Faculdade Israelita de Ciências da Saúde Albert Einstein e pela Supervisão do Programa de Residencia de Cirurgia Geral do Hospital Albert Einstein . Tem experiência na área de Medicina, com ênfase em Cirurgia Geral, Cirurgia do Aparelho Digestivo, Cirurgia Laparoscópica, Urgências Cirúrgicas, Trauma , Catástrofes e Telemedicina.

Paolo Rogerio de Oliveira Salvalaggio

Possui graduação em Medicina, mestrado e doutorado em Cirurgia pela Universidade Federal do Paraná. Pós-doutorado em imunologia de transplante na Yale University. Foi clinical fellow em transplante de múltiplos órgãos da Northwestern University e completou MBA na John Cook School of Business. Foi Assistant Professor na Saint Louis University e Associate Professor na University of Washington, onde também foi co-diretor do programa de transplantes de pâncreas e rim. Atualmente é professor de Cirurgia da Faculdade de Medicina Albert Einstein e cientista do Instituto Israelita de Pesquisa Albert Einstein. Atua clinicamente como cirurgião do aparelho digestivo, com ênfase em cirurgia hepatobileopancreática e transplante hepático.

Patricia Sampaio Chueiri

Doutora em Epidemiologia pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Tem residência em Medicina de Família e Comunidade pela Universidade Federal de São Paulo e especialização em Saúde Global, pelo Hubert Humphrey Fellowship - Emory University. Tem experiência como médica de família e comunidade assistente, como gestora de políticas públicas em nível federal nas áreas de atenção primária à saúde, de doenças crônicas e oncologia. Atua como professora do curso Medicina da Faculdade Israelita de Ciências da Saúde Albert Einstein, como coordenadora adjunta da pós-graduação em Medicina de Família e Comunidade.É membro da Sociedade Brasileira de Medicina de Família e Comunidade e co-coordenadora do grupo de trabalho de Mulheres na Medicina de Família e Comunidade.

Rafael Antonio Arruda Pecora

Professor Assistente de Clínica Cirúrgica da Faculdade Israelita de Ciências da Saúde Albert Einstein. Doutorado pela FMUSP. Graduado médico pela FMUSP. Residência médica em Cirurgia Geral e Cirurgia do Aparelho Digestivo no HC-FMUSP. Fellowship em Transplante e Cirurgia do Fígado na Unidade de Fígado (Prof. Sérgio Mies) no HIAE. Aprimoramento em Cirurgia do Aparelho Digestivo no Massachusetts General Hospital (Harvard Medical School). Aprimoramento em Transplantes Hepático, Intestinal e Multivisceral nas Universidades de Indiana (Indiana University Hospital) e Miami (Miami Transplant Institute). Cirurgião da equipe de Transplante Hepático, Intestinal e Multivisceral do HIAE. MBA em gestão em saúde pela FGV.

Renata dos Santos Correa

Doutora em Ciências Médicas pela Universidade de São Paulo (USP). Especialista em Cardiologia pela Universidade Federal Fluminense. Especialista em Ecocardiografia pelo Instituto Nacional de Cardiologia de Laranjeiras. Especialista em Medicina Aeroespacial - CEMAE. Docente da disciplina de Emergência Clínica para o internato do 9º semestre da Faculdade Israelita de Ciências da Saúde Albert Einstein. Docente da disciplina de Clínica Médica da Universidade São Caetano do Sul. Oficial do Corpo de Oficiais da Ativa da Aeronáutica. Chefe da Seção de Cardiologia do Hospital de Força Aérea de São Paulo (HFASP).

Renata Rodrigues Cocco

Doutora em Pediatria pela Universidade Federal de São Paulo – Escola Paulista de Medicina. Especialista em Alergia Alimentar pelo Mount Sinai School of Medicine, EUA. Professora Assistente de Pediatria do curso de Medicina da Faculdade Israelita de Ciências da Saúde Albert Einstein. Coordenadora nacional do Departamento Científico de Alergia Alimentar da Associação Brasileira de Alergia e Imunologia. Principais áreas de atuação: alergia alimentar, dermatite atópica.

Romy Schmidt Brock Zacharias

Doutora em Ciências pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo. Docente da Faculdade de Medicina do Hospital Albert Einstein. Coordenadora do Programa de Residência Médica em Neonatologia do Instituto Israelita de Ensino e Pesquisa Albert Einstein.Coordenadora da Neonatologia do Hospital Israelita Albert Einstein. Médica assistente do CTIN-1 do HCFMUSP.

Sandrigo Mangini

Doutor em Cardiologia pela Universidade de São Paulo. Docente da Faculdade Israelita de Ciências da Saúde Albert Einstein. Médico Assistente do Núcleo de Transplantes do InCor HCFMUSP, médico do Programa de Transplantes e da Unidade de Terapia Intensiva do Hospital Israelita Albert Einstein. Experiência nas áreas de Clínica Médica, Cardiologia, e Terapia Intensiva. Linhas de pesquisa em Insuficiência Cardíaca (miocardite, doença de Chagas, fragilidade, amiloidose) e Transplante Cardíaco (disfunção primária do enxerto, rejeição, doença de Chagas, amiloidose, complicações perioperatórias).

Talita Maira Bueno da Silveira

Mestrado e doutorado em ciências da Saúde pela Santa Casa de São Paulo. Pós doutoranda no AC Camargo Câncer Center. Assistente e responsável pelo núcleo de doenças Linfoproliferativas do AC Camargo Câncer Center. Responsável pelo ambulatório de LLC e LH da Santa Casa de São Paulo. Professora da Faculdade Israelita de Ciências da Saúde Albert Einstein.

Thomaz Couto Bittencourt

Doutor em medicina (Pediatria) pela Universidade de São Paulo. Pediatra e Emergencista pela Sociedade Brasileira de Pediatria. Professor do curso de Medicina da Faculdade Israelita de Ciências da Saúde Albert Einstein. Médico do Centro de Simulação Realística do Hospital Israelita Albert Einstein. Médico Assistente do Instituto da Criança do Hospital das Clínicas da FMUSP. Linha de pesquisa: Emergências Pediátricas. Ensino com simulação.

Vivian Helena Iida Avelino da Silva

Médica Infectologista. Doutora e pós-doutora em Doenças Infecciosas e Parasitárias pela Universidade de São Paulo. Docente da Graduação em Medicina da Faculdade Israelita de Ciências da Saúde Albert Einstein e da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo. Professora Adjunta da Universidade da California São Francisco. Médica supervisora de pesquisa do Serviço de Extensão ao Atendimento de Pacientes HIV/Aids do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo. Editora associada do periódico BMC Infectious Diseases. Linha de pesquisa: epidemiologia e fisiopatologia de doenças virais.

Welbert de Oliveira Pereira

Biólogo (Universidade Federal de Juiz de Fora). Doutor em Ciências - Imunologia (Universidade de São Paulo). Em 2009 atuou como Pesquisador Visitante no Departamento de Medicina Hematológica do King"s College London. Em 2010 ingressou no Hospital Israelita Albert Einstein, onde hoje é Professor da Graduação em Medicina da FICSAE. Lá, coordena o núcleo de métodos de ensino responsável pela capacitação, monitoramento de qualidade e desenvolvimento das estratégias de ensino e aprendizagem; é Pesquisador do Instituto Israelita de Ensino e Pesquisa, orientando alunos de iniciação científica, mestrado e doutorado em duas frentes: imunobiologia de leucemias agudas e Inovação em Educação. É também Consultor de Inovações do Ensino, provocando colaborações com empresas, startups e universidades que permitam o co-desenvolvimento de soluções educacionais que gerem impacto no aprendizado. Temas de interesse: Biologia e Imunologia das leucemias agudas; Educação, com foco especial em métodos de ensino, desenvolvimento de professores inovadores, tecnologias voltadas para o ensino.

Objetivos e Qualificações

Competências desenvolvidas


O objetivo do curso de Medicina da Faculdade Israelita de Ciências da Saúde Albert Einstein é a formação de Médicos com sólida e abrangente fundamentação técnico-científica, cidadãos transformadores do ambiente e propagadores de conhecimentos, valores e princípios.


Médicos graduados no Einstein são capazes de:

  • Priorizar os conhecimentos imprescindíveis para a prática da Medicina, utilizando evidências científicas para a tomada de decisões clínicas;

  • Atuar com visão centrada no paciente, apresentando empatia e respeito às crenças e valores do paciente e seus familiares;

  • Envolver-se no contexto social e em suas implicações na saúde;

  • Conhecer, de forma ampla e sólida, a saúde coletiva, a saúde da mulher e dos ciclos de vida: criança, adolescente, adulto e idoso;

  • Compreender as particularidades do sistema de saúde brasileiro, tanto público quanto privado;

  • Atuar nas dimensões: promoção da saúde, prevenção, cura e reabilitação;

  • Apresentar iniciativas para estimular as qualidades de uma equipe para a promoção da saúde;

  • Atuar, de forma crítica, no planejamento, operação, análise e tomada de decisões corretivas;

  • Utilizar as ferramentas necessárias para a educação continuada e permanente, com iniciativa e disciplina;

  • Resolver problemas no âmbito técnico, relacional, institucional e social;

  • Ser responsável e assumir as consequências de seus atos;

  • Comunicar-se adequadamente no exercício profissional, ouvindo o paciente e a equipe multiprofissional, transmitindo mensagens claras, passíveis de compreensão por todas as partes, assim como ser capaz de ouvir e compreender mensagens vindas de diferentes níveis de contato;

  • Atuar em sinergia com a equipe, no compartilhamento de informações e decisões, bem como na valorização de opiniões, conciliação e consenso;

  • Buscar a excelência em sua atuação, considerando os recursos disponíveis.

Metodologia e Ensino

TBL, jogos, parte prática

O aprendizado baseado em equipes (TBL – Team Based Learning) é a metodologia predominante no curso de Medicina do Einstein. Com feedbacks constantes, permite aprendizado significativo e avaliação voltada à melhoria do desempenho.


A metodologia envolve o trabalho em grupo de 6 a 8 alunos e uma sequência de atividades:


  • Estudo de material previamente encaminhado pelo professor;
  • Avaliação individual e em grupo, com imediato feedback para os alunos antes da discussão dos casos;
  • Aplicação de conceitos em casos, contextualizando o conteúdo.

Conteúdos Integrados


O currículo do curso foi construído de forma a integrar conteúdos: disciplinas que tradicionalmente são dadas separadamente, são combinadas na Graduação em Medicina do Einstein. Essa metodologia não altera as características clássicas da disciplina, mas possibilita que professores diferentes ministrem uma mesma disciplina, demonstrando a relação e a concretude dos conceitos trabalhados, promovendo um entendimento mais amplo e uma formação mais genérica do aluno.



Eixos Temáticos

A atividade de um Médico é ampla e ultrapassa os limites do conhecimento técnico. Esse profissional deve exercer influência em círculos amplos e diversos da sociedade, trabalhar harmonicamente em equipe, aproveitar opiniões de profissionais de diferentes áreas, fazer uso racional de recursos, planejar e fomentar o aprimoramento continuado de seu habitat e contribuir para o desenvolvimento técnico, humano e social. Para garantir uma formação interdisciplinar, generalista e crítica, que desenvolva todas essas características, o curso de Medicina do Einstein é permeado por cinco eixos temáticos:



Eixo Ético-Humanístico

Possibilita ao aluno uma reflexão sobre o papel do Médico como ser humano, em relação aos seus semelhantes e ao ambiente em que vive. É composto por disciplinas de Humanidades, que tratam de filosofia, cidadania, bioética, ética médica e legislação.



Eixo Técnico-Científico

Apresenta fundamentos essenciais à formação de um Médico generalista, capaz de lidar com as condições mais prevalentes na área da saúde.



Eixo Saúde Pública

As disciplinas que compõem este eixo apresentam uma abordagem integrada com as do eixo técnico-científico, demonstrando que os processos que envolvem a manutenção da saúde e o adoecimento são indissociáveis. Ambos os eixos possibilitam, desde o primeiro dia do curso, a interação dos alunos com pacientes, seus familiares e a comunidade.



Eixo Gestão e Liderança

Traz conteúdo e motivação para a troca de experiências em áreas como gestão de pessoas, recursos e processos, negociação, planejamento e controle.



Eixo Conhecimento Médico

Explora método científico, estatística, epidemiologia, evidência médica e interpretação de informação médica para oferecer ao aluno ferramentas que o conduzam à independência intelectual, liberdade de escolha e isenção na condução de sua carreira profissional.

Carreira

Estágio

A experiência é fundamental para o exercício da profissão de Médico. Por isso, na Graduação em Medicina do Einstein, o aluno tem contato com pacientes desde o início do curso. Até o início do internato, no 8° semestre, ele já terá vivenciado experiências intensas, como trocas em grupo, estudos direcionados do conteúdo, contato com as famílias assistidas, construção de pensamento crítico, além do desenvolvimento de habilidades psicossociais e técnicas e de trabalho.

Internato

Recebendo uma atenção especial, o Internato ocorre nos cinco semestres finais do curso, quando é feito um rodízio de cinco estágios de quatro semanas, semestralmente. Cada estágio corresponde a uma das cinco áreas básicas: Pediatria, Saúde da Mulher, Medicina Interna, Medicina da Família e Clínica Cirúrgica. Nesse período, os alunos contarão com a estrutura do Hospital Israelita Albert Einstein, do Hospital Municipal da Vila Santa Catarina e do Hospital Municipal M´boi Mirim – Dr. Moysés Deutsch, com serviços de alta e média complexidade para a assistência clínica, cirúrgica, obstétrica, pediátrica, urgência e emergência.



Atualmente, a carreira é considerada uma das mais promissoras e tem ganhado destaque também fora dos hospitais, com profissionais abrindo seus próprios negócios na área. Em 2018, o Conselho Federal de Enfermagem regulamentou o funcionamento de consultórios e clínicas, como os dedicados aos cuidados de pacientes da terceira idade e assistência ao parto.


Infraestrutura

Dois modernos espaços de treinamento fazem parte da infraestrutura de práticas destinada aos estudantes de Medicina do Einstein:

Centro de Experimentação e Treinamento em Cirurgia (CETEC)

O Centro de Experimentação e Treinamento em Cirurgia (CETEC) ocupa área de 1.050 m² e conta com salas de cirurgia, sala de preparo, sala de radiologia intervencionista, laboratório de patologia experimental e biotérios.




Centro de Simulação Realística (CSR)

Ocupando uma área de 450 m², promove treinamentos com simulação de condições reais, nas quais um determinado procedimento ou comportamento deve ser empregado, propiciando melhor retenção da informação. O treinamento por simulação realística utiliza robôs, manequins estáticos e atores profissionais, em instalações que recriam um ambiente semelhante a um hospital ou a ambientes extra-hospitalares, favorecendo treinamentos práticos (hands-on).

Atividades Extracurriculares

Programa de Iniciação Científica da FICSAE

O que é

O Programa de Iniciação Científica da Faculdade Israelita de Ciências da Saúde Albert Einstein tem por objetivo o desenvolvimento do pensamento científico e a iniciação à pesquisa, por meio da participação dos alunos em pesquisas aprovadas na instituição, com orientação de pesquisadores e docentes do Einstein.



Regulamento

Clique aqui e confira o regulamento do programa de Iniciação Científica.



Processos de execução

Processos de execução.



Bolsas Institucionais

Duas vezes por ano, o Programa abre chamada para concessão de bolsas, que obedecem a critérios estabelecidos em edital, divulgado oportunamente.



Intercâmbio

O programa de intercâmbio da Medicina Einstein é adaptado de acordo com o interesse do aluno ao longo do curso. De visitas técnicas a estágios em pesquisa, todos os estudantes poderão participar e agregar uma experiência internacional à sua formação. Uma das universidades parceiras é a Case Western, nos Estados Unidos.


Depoimentos

Estudantes da Graduação em Medicina do Einstein celebram quatro anos preparando alunos para o vestibular


Notícias

Logomarca do OUVID.
Como clowns, alunos da Graduação em Medicina descobrem nova forma de cuidar de pacientes
Ver mais
Logomarca do OUVID.
Importância da assistência direcionada à saúde mental para alunos e profissionais durante a pandemia da COVID-19
Ver mais
Logomarca do OUVID.
Aulas em UBS preparam alunos de Medicina para atendimento primário à saúde
Ver mais
Logomarca do OUVID.
Intercâmbios levam alunos de Medicina do Einstein para estudar nos Estados Unidos
Ver mais

Apoio ao Estudante

A Faculdade Israelita de Ciências da Saúde Albert Einstein oferece duas modalidades de apoio financeiro aos alunos interessados em cursar a Graduação em Medicina na instituição, analisadas de acordo com critérios socioeconômicos. Confira:


Bolsa de estudos por critério socioeconômico

Oferece desconto de até 100% nas mensalidades. A bolsa é anual e renovada automaticamente por 5 anos adicionais, desde que garantidas as condições que permitiram a concessão e a ausência de reprovação ou medida disciplinar maior de qualquer natureza. A cada ano, a instituição poderá solicitar novos documentos que confirmem que o aluno continua atendendo aos critérios para o benefício da bolsa de estudos. Acesse aqui a política de concessão de bolsa para o curso de Medicina da FICSAE.



Crédito Estudantil Einstein

Possibilita o pagamento do financiamento do semestre contratado em 12 parcelas mensais e sucessivas com importância equivalente a 50% (cinquenta por cento) do valor da mensalidade vigente no ato da contratação, acrescido de juros estipulados no ato da contratação.

Solicitação de apoio financeiro

As solicitações de Apoio Financeiro devem ser encaminhadas somente pelos alunos que obtiverem aprovação na primeira fase do processo seletivo. São analisadas e priorizadas de acordo com critérios socioeconômicos e orientadas pela classificação obtida no final do processo seletivo, sendo possível a contemplação com uma Bolsa de Estudos ou com um Crédito Estudantil Einstein. O resultado será comunicado por e-mail, juntamente com a aprovação final do candidato no vestibular..


Confira detalhes da solicitação de bolsa de estudo por critério socioeconômico para vestibulandos para o processo seletivo 2021:


1) Modelo de formulário a ser preenchido


2) Lista de documentos necessários para solicitação

3) Data de liberação do link para solicitação: 13/01/2021

4) Data imite para envio de solicitação: até às 13h do dia 22/01/2021

5) Clique aqui e preencha o formulário on-line para solicitação de bolsa de estudos

NAE (Núcleo de Apoio ao Estudante)

Para o Einstein, excelência no ensino vai além de oferecer metodologias inovadoras e os mais capacitados docentes. É também inserir no mercado indivíduos física e mentalmente sadios, aptos a enfrentarem todas as dificuldades relacionadas ao exercício profissional na área da saúde. Além da excelência no Ensino, o Einstein tem como objetivo inserir no mercado indivíduos física e mentalmente sadios. Por isso, oferece aos seus alunos diversas ações por meio do NAE, como Serviço de Apoio Psicológico, Grupos de Conversa, OUVID e o Programa de Orientação Pessoal (POP). Conheça cada uma dessas iniciativas aqui.

Núcleo de Apoio ao Estudante (NAE)

NAE (Núcleo de Apoio ao Estudante)

Para o Einstein, excelência no ensino vai além de oferecer metodologias inovadoras e os mais capacitados docentes. É também inserir no mercado indivíduos física e mentalmente sadios, aptos a enfrentarem todas as dificuldades relacionadas ao exercício profissional na área da saúde.

Para isso, os acadêmicos do Einstein contam com o Núcleo de Apoio ao Estudante (NAE), que tem como premissa a promoção de saúde e bem-estar, através de diversas ações. Conheça cada uma delas:

Serviço de Apoio Psicológico aos Estudantes (SAPE)

A finalidade do SAPE é propiciar, por meio da promoção de saúde mental, a elaboração das dificuldades emocionais do aluno, para que ele possa manter o equilíbrio necessário para sua formação e futuro exercício profissional.

Como funciona:

  • Avaliação psicológica inicial – 1 a 2 atendimentos;
  • Assistência psicológica individual – com limite de 15 atendimentos;
  • Avaliação e orientação familiar;
  • Encaminhamento para atendimento psiquiátrico e psicoterápico, quando necessário.

Grupos de Conversa

São encontros periódicos em grupo, com o objetivo de estimular mecanismos socioemocionais (resiliência, manejo de estresse, ansiedade, entre outros) por meio da sensibilização, conversas e trocas de experiências.

OUVID

Neste momento em que estamos todos fragilizados com o surgimento do Coronavírus, queremos fazer o possível para apoiar e estar por perto de todos que têm contato com o Einstein. Por isso, criamos o OUVID, programa que conta com uma série de ações relacionadas ao autocuidado, gestão de crise e suporte psicoemocional.

Durante este período, teremos atendimento especializado, ações digitais e presenciais, com práticas de descompressão em áreas críticas. Juntos, criaremos soluções, compartilharemos informações e estaremos presentes, uns para os outros.

HOTLINE OUVID:
Telefone: (11) 2151-2557 (WhatsApp ou ligação).
Segunda a sexta-feira, das 8h as 17h.


Programa de Orientação Pessoal (POP)

O POP é um serviço disponível 24 horas por dia, 7 dias por semana. Via telefone (0800-7717276), o aluno recebe apoio psicológico profissional e auxílio com informações sobre várias áreas, como Pedagogia, Nutrição, Serviço Social, Finanças e Jurídico.

Investimento

Apoio Financeiro

Valor da mensalidade: 12 parcelas de R$ 8.620,00 por ano, com opções de bolsas de estudos.

Os alunos da Graduação em Medicina do Einstein têm duas opções de Apoio Financeiro: bolsa de estudo por critério socioeconômico e Crédito Estudantil Einstein. Saiba mais.

Processo Seletivo

O vestibular para a Graduação em Medicina será feito em duas fases:

  • A primeira avaliará as competências acadêmicas por meio de prova objetiva e questões dissertativas ou via acesso internacional – IB/ABITUR;
  • A segunda avaliará as competências pessoais necessárias à formação de um bom Médico, e será feita por meio das Múltiplas Minientrevistas.

O processo seletivo da Graduação em Medicina seleciona 120 candidatos conforme a classificação, sendo que 60 alunos iniciarão o curso no 1º semestre e 60 no 2º semestre de 2021.



Os candidatos que tiverem participado das duas fases do processo seletivo para o curso de Medicina serão classificados em ordem decrescente em cada uma das opções de acesso. As listas de classificação geral dos candidatos serão divulgadas independentemente do início no 1° ou 2° semestres de 2021.

Prova objetiva

Aplicada pela Fundação VUNESP com exclusividade para a Faculdade Israelita de Ciências da Saúde Albert Einstein, a prova objetiva avalia o conhecimento do conteúdo programático do ensino médio.

Múltiplas minientrevistas (MME)

Consistem em entrevistas realizadas a partir de cenários para avaliar competências socioemocionais desejáveis para o aluno de medicina, como comunicação efetiva, pensamento crítico, liderança, trabalho em equipe, princípios éticos, entre outras.

Esse método de avaliação foi escolhido devido às características do curso, que conta com metodologia ativa de ensino, em que o aluno é o centro do processo e assume responsabilidades no seu aprendizado. Não basta apenas conhecimento técnico para formar um bom Médico – as competências socioemocionais são fundamentais nessa carreira.

Ingresso via vestibular

O vestibular para ingresso na Graduação em MEDICINA da Faculdade Israelita de Ciências da Saúde Albert Einstein se desenvolve em duas fases. A nota da 1ª Fase é computada considerando-se uma prova com itens de múltipla escolha, itens dissertativos e uma redação.

A segunda fase é composta pelas Múltiplas Minientrevistas (MME). A nota final é a média ponderada das notas das 1ª e 2ª Fases, com pesos 75% e 25%, respectivamente.


As notas das diversas provas são padronizadas ou normalizadas, de forma a evitar que alguma delas tenha seu papel reduzido ou exagerado no cômputo das notas utilizadas nas classificações e convocações da primeira e da segunda fase do processo seletivo para a Graduação em Medicina.

Acesso internacional via IB/ABITUR

Os candidatos ao curso de MEDICINA têm duas opções para serem classificados na 1ª Fase:

  • Acesso via Vestibular – Classificação de acordo com o desempenho na prova descrita acima (58 vagas por semestre);
  • Acesso Internacional – Classificação de acordo com desempenho no IB/ ABITUR (2 vagas por semestre).

  • Confira as datas do Vestibular 2021:

    DATA

    EVENTO

    DE 25 DE SETEMBRO A 23 DE NOVEMBRO DE 2020

    Período de inscrições no site www.vunesp.com.br. Das 10 horas de 25 de setembro às 23h59 de 23 de novembro de 2020.

    24 DE NOVEMBRO DE 2020

    Data limite para pagamento do boleto.

    04 DE DEZEMBRO DE 2020

    Divulgação do local da prova da 1ª fase do acesso via vestibular no site www.vunesp.com.br.

    13 DE DEZEMBRO DE 2020

    Realização da prova da 1ª fase do acesso via vestibular.

    ATÉ 14 DE DEZEMBRO DE 2020

    Divulgação do gabarito das questões objetivas da prova da 1ª fase do acesso via vestibular em www.vunesp.com.br.

    14 E 15 DE DEZEMBRO DE 2020

    Período para interposição de recurso das questões objetivas.

    13 DE JANEIRO DE 2021

    Divulgação da lista de classificação geral na 1ª fase dos candidatos do acesso via vestibular após a avaliação dos recursos da prova objetiva (ver páginas 28 e 29) – www.vunesp.com.br/FEAE2002.

    13 E 14 DE JANEIRO DE 2021

    Período para interposição de recurso de resultado das notas da prova dissertativa e da redação.

    21 DE JANEIRO DE 2021

    À partir das 16hs, divulgação da lista de classificação geral na 1ª fase dos candidatos do acesso via vestibular após a avaliação dos recursos das notas da prova dissertativa e da redação (ver páginas 28 e 29) – www.vunesp.com.br/FEAE2002.

    Divulgação da lista dos candidatos convocados para participar das Múltiplas Minientrevistas (MME) em www.vunesp.com.br.

    25 DE JANEIRO DE 2021

    Realização das Múltiplas Minientrevistas (MME).

    03 DE FEVEREIRO DE 2021

    Divulgação dos candidatos convocados em 1ª chamada em www.vunesp.com.br.

    03 A 05 DE FEVEREIRO DE 2021

    Período de matrícula na Faculdade Israelita de Ciências da Saúde Albert Einstein (ver endereço na página 35).

    08 DE FEVEREIRO DE 2021

    Divulgação dos candidatos convocados em 2ª chamada no site www.vunesp.com.br.

    08 A 09 DE FEVEREIRO DE 2021

    Período de matrícula na Faculdade Israelita de Ciências da Saúde Albert Einstein (ver endereço na página 35).

    08 A 09 DE FEVEREIRO DE 2021

    Prazo para confirmar interesse em compor a lista de espera no www.vunesp.com.br (obrigatório a quem deseja continuar concorrendo).

    11 DE FEVEREIRO DE 2021

    Divulgação dos candidatos convocados em 3ª chamada (exclusivo a quem confirmou interesse em compor a lista de espera) no site www.vunesp.com.br.

    11 A 12 DE FEVEREIRO DE 2021

    Período de matrícula na Faculdade Israelita de Ciências da Saúde Albert Einstein (ver endereço na página 35).

    15 DE FEVEREIRO DE 2021

    Divulgação dos candidatos convocados em 4ª chamada (exclusivo a quem confirmou interesse em compor a lista de espera) no site www.vunesp.com.br.

    15 A 16 DE FEVEREIRO DE 2021

    Período de matrícula na Faculdade Israelita de Ciências da Saúde Albert Einstein (ver endereço na página 35).


    Confira o Edital do Processo Seletivo 2021


    Acesso via transferência (Vagas Remanescentes)

    O processo seletivo é composto de três fases: análise curricular, prova de múltipla escolha e entrevistas. Todas as fases são eliminatórias e não cabe recurso a nenhuma delas.

    Vagas


    3º semestre – 2 vagas


    Processo De Transferência 2021-1


    Início das Aulas: fevereiro de 2021.


    Datas e Etapas do Processo Seletivo


    08/10 - 08/11/2020Inscrições no site
    18/11/2020Divulgação da lista dos convocados para a prova
    22/11/2020Realização da prova (presencial)
    23/11/2020Divulgação da lista dos convocados para entrevista
    25/11/2020Realização das entrevistas (online)
    26/11/2020Divulgação dos convocados para matrícula
    18/01 - 20/01/2021Realização das matrículas

    Para saber mais sobre a transferência, baixe aqui o edital do candidato.

    Formulário para transferência

    O envio da documentação deve ser feito somente via formulário. Não serão considerados documentos enviados por e-mail. Em caso de dúvidas, entre em contato: facmed@einstein.br

    Local e Horário

    Endereço

    Av. Prof. Francisco Morato, 4.293 - Butantã, São Paulo (SP).

    Fale Conosco

    Secretaria acadêmica

    Fone: 11 2151-6808
    E-mail: facenf@einstein.br
    Av. Prof. Francisco Morato, 4.293 – Butantã, São Paulo (SP)

    Processo Seletivo

    Vagas

    Período

    Unidade

    pinMorato

    Investimento

    Preencha os campos abaixo e receba um e-mail quando o curso abrir inscrições.